Amazonas Destaques Manaus

Zé Ricardo apresenta 25 emendas sendo R$ 10 milhões para investimentos na saúde do Amazonas

Parlamentar destinou recursos também para UEA, IFAM e Prefeitura de Manaus

Deputado observou que o Governo Bolsonaro cortou recursos das instituições de ensino, que necessitam de dinheiro para manter várias de suas atividades

O deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) apresentou 25 emendas impositivas na Câmara Federal, sendo 24 individuais e uma de bancada à LOA/2021, totalizando mais de R$ 37 milhões. Das emendas individuais, de um total de R$ 16,2 milhões, mais de 60% foram direcionadas à área da saúde do Amazonas, que necessita urgentemente de investimentos e melhorias. Mas também têm recursos direcionados à área da educação, do fomento à geração de emprego e renda, do meio ambiente e da cultura de Manaus e dos demais municípios do Estado.

A emenda de bancada, no valor de R$ 21,9 milhões, faz parte de um projeto de desenvolvimento do Amazonas defendido pelo parlamentar, que acredita que a melhor forma de desenvolver o Estado é pela educação e pesquisa. Esses recursos foram totalmente direcionados para equipar e reestruturar as unidades da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em municípios amazonenses. Assim também aconteceu em 2019, quando Zé Ricardo direcionou R$ 19 milhões de emendas de bancada para equipar as unidades do Instituto Federal do Amazonas (Ifam).
Receberão recursos de emendas para a saúde a Prefeitura Municipal de Manaus e hospitais e entidades de pesquisa da capital, como Fundação Centro de Oncologia (FCecon), Fundação Alfredo da Mata (Fuam), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Fundação de Medicina Tropical (FMT). E, para os municípios do interior, foram destinados R$ 5,6 milhões para melhorias no atendimento básico da saúde.

Principais áreas contempladas
Na área da educação, foram destinados recursos para unidades da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) em municípios do Estado, no valor total de R$ 1,2 milhão; e para unidades do Instituto Federal do Amazonas (Ifam) – R$ 1,7 milhão, além de emenda para investimentos na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).
“O Governo Bolsonaro cortou recursos das universidades federais, como também recursos para pesquisa, ciência e tecnologia. Precisamos ajudar as universidades públicas e as pesquisas no Brasil e no Amazonas”, disse.

Também receberão recursos de emendas a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares no Amazonas (Fetagri), para investimentos na área da agricultura; os Conselhos Tutelares de municípios do Estado; além de recursos para investimentos em produção rural, educação e meio ambiente em algumas cidades amazonenses.

Publicações relacionadas

Plataforma da Prefeitura de Manaus de cadastramento para vacinação já tem mais de 175 mil registros

Redação

Nota do superintendente

Redação

Secretaria de Saúde faz contratação de profissionais para atuação no combate à Covid-19 em Manaus; salário chega a R$ 6,9 mil

Redação

Deixe uma resposta