Cotidiano Amazonas Destaques

Wilson Lima faz mais uma mudança na Susam

Em meio à pandemia, governador nomeia engenheiro civil como secretário-executivo da Secretaria de Estado da Saúde

Indicado é primo da deputada Alessandra Campelo

O governador Wilson Lima promoveu mais uma mudança na Secretaria de Estado da Saúde (Susam). Nomeou o engenheiro civil Marcellus Campelo, primo da deputada estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa, Alessandra Campelo, para a Secretaria-executiva da Susam em substituição a João Paulo Marques. Essa é a terceira substituição na Cúpula da Susam nos últimos 30 dias.

As mudanças começaram com a nomeação da paulista Simone Papaiz para assumir o comando da Susam no lugar de Rodrigo Tobias. Depois veio a posse de Ítalo Cortez na Secretaria-Executiva Adjunta de Assistência Especializada da Capital no lugar de Dayana Mejia.

As mudanças, segundo o Governo do Estado, fazem parte do processo de reestruturação administrativa da Susam, determinada pelo governador Wilson Lima (PSC), iniciada dia 8 de abril com a nomeação de Simone Papaiz como secretária da pasta. Mas nos bastidores políticos, comenta-se que a nomeação de Marcellus Campelo é política e visa ganhar força na Aleam contra o processo de impeachment movido pelo Sindicato dos Médicos.

Especialista em saneamento

O engenheiro civil Marcellus Campêlo tem 50 anos e é especialista em saneamento básico com experiência em gestão administrativa. Segundo o Governo, ele já estava contribuindo com a Susam no Comitê de Crise de Combate ao Covid-19.

Atualmente também atuava como coordenador executivo da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) e secretário executivo da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

FONTE:portalunico

Publicações relacionadas

População lota Praia da Ponta Negra no terceiro domingo após reabertura do local

Redação

URGENTE MANAUS TEM QUEDA BRUSCA NO NÚMERO DE ATENDIMENTO DA COVID 19

Redação

‘Não há necessidade’, diz Wilson Lima ao rejeitar Força Nacional proposta por Moro diante da violência em Manaus

Redação

Deixe uma resposta