Amazonas Destaques Manaus

Wellington José de Araújo é escolhido o novo presidente do TRE-AM

A eleição ocorreu logo após a escolha da lista tríplice para a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). Mas ao contrário da primeira, que teve os votos abertos, esta eleição foi secreta, tendo seu cômputo final divulgado em seguida.


Newsletter – Receba os destaques do portal A Crítica todos os dias no seu e-mail.


Wellington José recebeu 17 votos, contra dois de Elci Simões de Oliveira. Com isso, ele vai assumir o posto que vinha sendo ocupado, até janeiro, pelo Desembargador Aristóteles Lima Thury, que faleceu em janeiro deste ano, em São Paulo, vítima da Covid-19.

O desembargador ingressou na magistratura no ano de 1980, atuando como juiz substituto na Comarca de Manaus e, posteriormente, nas Comarcas de Urucará e Parintins. Foi promovido para a Capital onde, por 19 anos, foi titular da 3ª e da 6ª Vara Criminal, do 1º Tribunal do Júri, da Vara do Meio Ambiente, da 2ª Vara da Fazenda Pública do Estado e ainda da 8ª e 18ª Vara Cível. Em 2010, foi promovido a desembargador, compôs a Corte Eleitoral (como juiz e como desembargador) por duas vezes, foi diretor do Fórum Des. Mário Varçosa e do Fórum Ministro Henoch Reis, além de compor o colegiado de magistrados da 2ª Câmara Cível do TJAM. Como vice-presidente da Corte (2018-2020) também presidiu as Câmaras Reunidas do Tribunal de Justiça do Amazonas.

Publicações relacionadas

MPF e MP/AM expedem recomendação à Susam sobre interrupção legal da gravidez

Redação

Arthur Virgílio critica medidas para ‘furar’ teto de gastos da União

Redação

Pagamento em dinheiro em transportes por app será proibido por Lei

Redação

Deixe uma resposta