Cotidiano Destaques Mundo

Vint Cerf, pioneiro da internet, testa positivo para a covid-19

O matemático norte-americano Vint Cerf, considerado um dos cocriadores da internet, testou positivo para o novo coronavírus. O anúncio foi feito por ele nesta segunda-feira (30), sem dar maiores detalhes a respeito de como contraiu a doença.

Em seu perfil oficial no Twitter, o premiado pesquisador, atualmente com 76 anos de idade, escreveu: “Testei positivo para covid-19 e estou me recuperando”, disse ele. Na mesma postagem, Cerf pede aos seguidores para que ouçam o que o ator e comediante John Oliver tem a dizer sobre a doença que já infectou quase 160 mil pessoas nos Estados Unidos.

No vídeo do programa Last Week Tonight, exibido pela HBO, compartilhado pelo “pai da internet”, Oliver faz críticas à forma como o presidente Donald Trump tem lidado com a pandemia, além de citar o trabalho ruim feito também por algumas autoridades estaduais, segundo ele.

A doença, que teve origem na China, já tem mais de 700 mil casos confirmados em todo o mundo, de acordo com os dados mais recentes divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Os EUA são agora o país com o maior número de infectados e já registrou mais de 2.800 mortes.

O importante trabalho de Vint Cerf

Conhecido por ser um solucionador de problemas, Vint Cerf trabalhou junto a Robert Khan no desenvolvimento do protocolo TCP/IP, na década de 1970, que é o alicerce da conexão à rede, possibilitando a transmissão de informações pela internet.

Além disso, ele também atuou na tecnologia de comutação de pacotes pela ARPANET, em parceria com Leonard Kleinrock e Paul Baran na ARPA, que foi a primeira rede a implementar o conjunto de protocolos TCP/IP, criando a base técnica da internet moderna. A agência governamental, atualmente chamada DARPA, usou o Twitter para desejar uma rápida recuperação a Cerf.

Membro do conselho do Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), responsável por registrar os nomes e domínios da internet, Vint Cerf também exerce a função de “evangelista de internet” na Google, desde 2005.

FONTE:TECMUNDO

Publicações relacionadas

MPF: Justiça proíbe continuidade de obras de empreendimento residencial no Tarumã, em Manaus (AM)

Redação

Procuradoria Geral do Estado voltará ao atendimento presencial em agosto

Redação

Assembleia Legislativa cancela recesso e trabalhos vão continuar até dezembro

Redação

Deixe uma resposta