Mundo

Vingança? Manada de elefantes destruiu a casa de mulher que morreu atacada pelos mesmos animais

Os indianos ficaram chocados com uma história de “vingança” de um elefante contra uma idosa em Odisha, no leste do país. O animal selvagem atacou a mulher em um vilarejo e provocou a morte dela. Não bastasse isso, no velório da vítima o animal retornou com uma manada e destruiu a cerimônia e pisoteou novamente sobre o corpo da indiana. Maya Murmu, 68, estava coletando água na vila de Raipai, localizada no distrito de Mayurbhanj, quando foi surpreendida por uma manada de elefantes que veio em sua direção. Ela tentou fugir, mas um dos elefantes tomou a dianteira e a pisoteou, de acordo com o The Times of India

Ela foi levada às pressas para o hospital, mas morreu devido aos graves ferimentos. A mulher seria de um grupo de caçadores que teria matado um filhote de elefante. Dias depois, a família de Murmu trouxe seu corpo para casa para os preparativos do funeral, que aconteceria na mesma noite. No entanto, mais um evento incomum ocorreu. Durante a cerimônia de cremação da vítima, uma manada de 10 elefantes surgiu da floresta e invadiu a propriedade, deixando os moradores em pânico. Devido ao tumulto, eles abandonaram o corpo de Maya Murmu no local. Nesse momento, um dos elefantes atacou o cadáver da mulher, pegando o corpo e jogando-o no ar. Segundo testemunhas, o cadáver foi novamente .

Os elefantes destruíram não apenas o velório de Maya Murmu, como também a casa dela e mais duas residências vizinhas. O ataque também se estendeu às cabras de criação de Maya, que foram pisoteadas pela manada. Nenhuma delas sobreviveu. Embora o incidente tenha ocorrido de modo brutal e instantâneo, nenhum aldeão se feriu. Em entrevista ao The Times of India, uma das testemunhas descreveu o momento de pânico. “Ficamos aterrorizados depois de testemunhar a manada de elefantes na quinta-feira à noite. Nunca tivemos um bando de elefantes tão feroz antes”. Depois que a manada de elefantes deixou a área e se dirigiu à floresta, a família de Maya Murmu pôde retomar a cerimônia. Os elefantes são conhecidos entre os indianos como criaturas pacíficas e dóceis. No entanto, muitas pessoas se mostraram intrigadas com o nível de violência raramente visto entre os animais. Nas redes sociais, muitas delas apresentaram teorias sobre a causa desse comportamento. “O que quer que aquela mulher tenha feito com aquele elefante é o maior mistério da década”, declarou uma pessoa no Twitter. Informações da rede de TV indiana Kanak News indicam que a região de Odisha, onde o incidente ocorreu, é palco de tensões entre humanos e elefantes selvagens, por causa da ação de garimpeiros que atuam no local, destruindo florestas, colocando em risco o habitat e a sobrevivência da risco o habitat e a sobrevivência da fauna em busca de recursos naturais. Também há especulações sobre o líder da manada ter atacado Maya Muru mais de uma vez. A vítima fazia parte de um grupo de caçadores que matou o filhote do elefante, de acordo com a imprensa indiana, e, por isso, o ataque do animal à mulher foi visto como uma forma de retaliação,

Publicações relacionadas

EUA declaram emergência nacional por causa do coronavírus

Redação

Ryan Gosling é “Ken” em novo filme “Barbie”

Redação

Google cancela evento do Android 11 e adia lançamento de versão beta

Redação

Deixe um comentário