Amazonas Destaques Manaus

Vacinação contra poliomielite e outras doenças é mantida em Manaus durante feriado prolongado; veja endereços

A Prefeitura de Manaus informou que manterá as ações da Campanha contra a Poliomielite e de Multivacinação durante o feriado prolongado, que inicia nesta sexta-feira (30), pela passagem do Dia do Servidor Público Municipal, e vai até a segunda-feira (2), Dia de Finados, com exceção de domingo.

A imunização será realizada nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que funcionam em horário ampliado (veja endereços abaixo). Crianças e adolescentes até 14 anos de idade são o público-alvo e o horário de atendimento será de 8h às 12h.

Na Zona Leste, as unidades de saúde de horário ampliado são as UBSs: Alfredo Campos, no bairro Zumbi 2; Dr. José Amazonas Palhano, São José 2, e Maria Leonor Brilhante, bairro Tancredo Neves.

Na Zona Norte, a população poderá procurar a vacinação nas UBSs Áugias Gadelha, na Cidade Nova 1; Balbina Mestrinho, bairro Cidade Nova, e Major Sálvio Belota, Santa Etelvina.

Na Zona Sul, haverá funcionamento na UBS José Rayol Dos Santos, Chapada, e na UBS Morro da Liberdade, no bairro de mesmo nome.

Na Zona Oeste, o atendimento ocorrerá nas UBSs Deodato de Miranda Leão, bairro Glória, e Leonor de Freitas, na Compensa 2.

A campanha foi iniciada no dia 5 de outubro com 168 salas de vacina distribuídas nas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e rural de Manaus.https://3f687f21338cee41b761de4f548d5dab.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Poliomielite

Na campanha contra poliomielite, todas as crianças, na faixa etária de um a quatro anos, devem receber uma dose da Vacina Oral contra Poliomielite (VOP). As crianças na faixa etária de dois meses até 11 meses e 29 dias também precisam ter o cartão de vacina avaliado por profissionais de saúde, que poderão verificar a necessidade de doses da Vacina Inativada contra a Poliomielite (VIP), que deve ser aplicada em três doses (dois, quatro e seis meses de vida).

Doença contagiosa, a poliomielite é causada pelo poliovírus, que pode provocar paralisia das pernas da criança, com danos irreversíveis. Quando a infecção atinge a medula ou cérebro, a criança desenvolve sequelas motoras.

As sequelas podem ser: o chamado pé torto, em que a pessoa não consegue andar porque o calcanhar não encosta no chão; crescimento diferente das pernas; osteoporose; paralisia de uma das pernas e atrofia muscular.

Até esta quarta-feira (28), a campanha contra poliomielite atingiu, segundo dados da Semsa, 45% do público-alvo em Manaus. Entre as capitais brasileiras, apenas Macapá, de acordo com o Ministério da Saúde, com mais de 90% de vacinação contra poliomielite, atingiu um índice maior do que Manaus.

Multivacinação

Já a campanha de multivacinação, o público-alvo são crianças de zero até 14 anos de idade, com a disponibilização das vacinas: BCG, que previne a tuberculose; poliomielite; Pentavalente, contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e o vírus Haemophilus influenzae B; Rotavírus, contra a gastroenterite; Pneumocócica 10, que protege a pneumonia, meningite e otite; Meningocócica C; Meningocócica ACWY (para adolescentes de 11 e 12 anos); Tríplice viral, que previne sarampo, caxumba e rubéola; varicela; vacina HPV; Hepatite A; Dupla Adulto, contra difteria e tétano; Influenza e Febre amarela.

Publicações relacionadas

Prefeito David Almeida implanta terceiro ponto de vacinação exclusivo para profissionais da saúde

Redação

Vereador de Itacoatiara, Dr. Robson Siqueira, pede contratação imediata de profissionais da saúde

Redação

‘Obra magnífica’, diz prefeito ao vistoriar os trabalhos finais do complexo viário do Manoa

Redação

Deixe uma resposta