Brasil Destaques Política

URGENTE: STJ afasta governador Wilson Witzel do cargo no Rio de Janeiro

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) foi afastado do cargo pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo informações do Bom Dia Rio, da TV Globo, a determinação faz parte de uma investigação sobre supostos desvios nos contratos emergenciais para a Covid-19.

Na mesma decisão, o STJ expediu mandados de prisão contra o Pastor Everaldo, presidente do partido de Witzel, o PSC, e contra o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio de Janeiro, o capixaba Lucas Tristão. Ainda segundo informações do Bom Dia Rio, o mandado de prisão contra o Pastor Everaldo já foi cumprido. Policiais federais seguem em diligências para o cumprimento de outros mandados.

MANDADO DE PRISÃO CONTRA CAPIXABA

Lucas Tristão foi exonerado do cargo em junho. Crédito: Luis Simpson
Lucas Tristão foi exonerado do cargo em junho. Crédito: Luis Simpson

Uma das pessoas que teve o mandado de prisão expedido, o capixaba Lucas Tristão era considerado o braço direito de Witzel. Lucas  foi um dos alvos da Operação Placebo, deflagrada em maio para apurar fraudes e desvios nos gastos emergenciais na área da saúde na administração estadual. Em junho, após uma série de atritos com deputados estaduais do Rio e suspeitas a respeito do relacionamento com um empresário alvo da Polícia Federal, a exoneração dele do cargo foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial no dia 03 daquele mês.

Mais informações em instantes

Publicações relacionadas

Guardador de carros é esfaqueado no pescoço em briga na zona sul de Manaus

Redação

Polícia Federal faz operação contra corrupção na infraero

Redação

Fiscalização do Detran-AM flagra motoristas alcoolizados e remove 23 veículos por irregularidades na zona norte de Manaus

Redação

Deixe uma resposta