Amazonas Cotidiano Destaques Manaus

Urgente: Estudantes de Medicina solicitam antecipação de colação de grau, para ajudar na pandemia no Amazonas

Manaus – Estudantes do último semestre de Medicina em todo país se mobilizam para antecipar a colação de grau para atuar firmemente no combate ao corona vírus. São jovens que poderão entrar nesta guerra contra o vírus de forma eficaz e substituindo neste momento médicos com idade acima de 60 anos, que estão no grupo de risco.  

Em Manaus finalistas do curso de Medicina formalizam um pedido para os reitores e ao MEC, pedindo também a antecipação da colação de grau no Amazonas. O sindicato dos médicos também apoia a solicitação dos estudantes de medicina. 

Ouça o áudio do Dr. Mario Vianna

É evidente interesse público, pois a colação antecipada destes estudantes reforçará os quadros de profissionais de saúde que poderão contribuir tanto para o combate à pandemia como para o atendimento ordinário da população, que persiste necessitando de cuidados relacionados a outras doenças.

NOTA NA INTEGRA

Finalistas do curso de medicina de universidades do amazonas solicitam antecipação de colação de grau para atuarem frente à Pandemia.

Finalistas do curso de medicina de universidades do amazonas solicitaram junta a reitoria de suas faculdades a adoção de medidas legais com o objetivo de autorizar a antecipação da formatura de Medicina de mais de 120 alunos, do 12º semestre, de 03 faculdades do Amazonas. De acordo com os estudantes “Nossa solicitação é para que os alunos tenham as respectivas colações de grau antecipadas, em caráter excepcional, até o final de março, ou seja, até meados da próxima semana. Lembrando que a formatura tradicional está prevista para o final do semestre em curso”.

Disseram também que tal medida reforça o posicionamento do Ministério da Saúde em relação aos pronunciamentos recente das autoridades, pois com a pandemia do Covid-19 e a alta velocidade de propagação do vírus, são necessárias respostas institucionais céleres, adequadas e eficazes, principalmente medidas relacionadas aos cuidados médicos, já́ que provavelmente o sistema de saúde ficará sobrecarregado.

Os finalistas  ainda destacaram que a sugestão da formatura antecipada vai ao encontro das medidas de segurança também para profissionais da Saúde que estão dentro do intervalo de idades que apresenta maiores complicações. “A formação de médicos jovens, aptos a trabalhar frente a esta crise de saúde global, é de extrema importância, vez que o Covid-19 representa um risco maior para pessoas acima de 60 anos, sendo naturalmente necessário preservar os médicos dessa faixa etária, substituindo-os por médicos jovens nas linhas de frente de maior exposição e vulnerabilidade”.

Importante enfatizar que os alunos de Medicina, passíveis da colação de grau antecipada, estão capacitados para atender ao púbico. “A maioria dos alunos já́ cumpriu a carga horária mínima instituída pelo MEC para o curso de Medicina e, por isso, estamos aptos para exercer a profissão. Além disso, em nosso país, algumas universidades já abriram precedentes e anteciparam a colação de grau dos acadêmicos do ultimo período, como exemplo: a Universidade Federal do Piauí, a Universidade Estadual do Piauí, a Universidade Federal do Ceará, o Centro Universitário Uninovafapi, o IMEPAC Araguari (Minas gerais) dentre outras”.

NOTA

No Ceará os Médicos já conseguiram a tutela Antecipada veja a decisão: DECISÃO – ESTUDANTES UFC.pdfDECISÃO – ESTUDANTES UFC.pdf 


FONTE:portalcm7

COMPARTILHE

Publicações relacionadas

Pessoas com deficiência visual terão leitura em tela na prova do Enem

admin

Amazonas lidera lista de pior desempenho contra a covid-19

admin

Preparem os baldes: Mais de 50 localidades ficam sem água na quinta

admin

Deixe um comentário