Amazonas Destaques Manaus

Uma empresa que lava roupa, faz jardinagem e exames superfaturados

CPI chega ao Governo de David Almeida

CPI da Saúde continua descobrindo esquemas de corrupção que surpreendem pelos métodos e capacidade de superfaturamento. Assim como a loja de vinhos que vendeu respiradores mecânicos, agora surge uma lavanderia que também faz serviços de jardinagem e até exames preventivos de colposcopia e procedimento de conização para identificação de câncer no colo uterino. A empresa Norte Serviços Médicos, cujo verdadeiro dono ainda é uma incógnita, faturou em apenas 4 dias R$ 868 mil, oferecendo serviços médicos de colposcopia e conização, direcionados a 100 mulheres com suspeita de câncer no colo do útero. O valor pago pelo Governo do Amazonas em 2017, durante a administração do governador interino Davi Almeida, foi mais de 600% mais caro que o praticado nas clinicas particulares.

Gestão de David Almeida

Cada exame custou R$ 8.680, quando na verdade deveria custar R$ 1.300, conforme os preços de clínicas particulares de Manaus consultadas pela CPI. De acordo com relatório divulgado pela comissão, os exames foram feitos nos municípios de Guajará, Ipixuna e Envira, no interior do Amazonas, entre os dias 28 a 29 de julho e 10 a 11 de agosto de 2017, na gestão do ex-governador David Almeida. Com isso, os membros da CPI alongam suas investigações para anos anteriores ao do governo atual.

Faturamento milionário

A empresa Norte Serviços Médicos faturou no Governo do Estado R$ 24,9 milhões no período de 2017 a 2020, incluindo os governos de José Melo, Davi Almeida, Amazonino Mendes e Wilson Lima. Outro detalhe que os membros da CPI investigam é quem seria o verdadeiro dono da empresa. A que aparece no contrato social – Criselidea Bezerra de Moraes – seria laranja de um outro empresário. A Norte Serviços Médicos é uma empresa misteriosa, que tem contratos milionários com o Governo e é mais uma peça no esquema que desvia recursos da saúde pública do Amazonas.

Condução coercitiva

CPI aprovou requerimento para Victor Vinicius Souto dos Santos, ex-dono da Norte Serviços Médicos, seja conduzido de forma coercitiva para prestar depoimento na comissão. Ele não compareceu pela segunda vez consecutiva à CPI e agora terá que comparecer coercitivamente. “O depoimento de Victor é fundamental para saber quem é o verdadeiro dono da empresa misteriosa que lava, passa, limpa, faz segurança, cuida do jardim e faz exames para diagnosticar câncer”, justificou o relator da CPI, deputado Fausto Junior (PRTB).

Defesa a quatro mãos

A peça de defesa prévia do governador Wilson Lima no processo de impeachment foi assinada por quatro advogados. Além do ex-presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coelho, subscrevem o documento a advogada Karoline Ferreira Martins, também de Brasília, e os amazonenses Março Aurélio Choy, presidente da OAB Amazonas, e Daniel Jacob Nogueira.

Tribunal de Justiça recorre

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Domingos Chalub, conversou com o Portal Único e confirmou que o tribunal recorreu ao CNJ contra a liminar que tirou o desembargador João Simões do comando da Escola do Judiciário, colocando na função o desembargador Yedo Simões.

Desembargador na UTI

No início da noite de quinta-feira (23) o desembargador Chalub foi internado no Hospital Santa Júlia, com suspeita de ter sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral). A assessoria do tribunal informou que ele teria ido fazer exames mas foi internado na UTI para observação.

Arthur de volta

O Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, divulgou boletim médico, informando que o prefeito Arthur Neto está na fase final do tratamento do covid-19 e deverá ter alta nessa próxima semana. O prefeito divugou um vídeo onde pede cuidados à população:” apesar da redução de casos,não há o que se comemorar ,não existe, ainda, pós-pandemia”, disse.

Olho na Reforma Tributária

O presidente da Eletros ( Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos, José Jorge Júnior, disse ao Portal Único que é fundamental o alinhamento da bancada federal e setor produtivo, nessa fase de discussões na Câmara Federal quanto a Reforma Tributária, para que o Estado do Amazonas mantenha as vantagens da Zona Franca. Ele considera que o governo Wilson Lima deve assumir a liderança dessas discussões.

Preços em alta

Nas grandes redes de supermercados ou nos menores é visível o aumento no preço de produtos em Manaus, mas até agora não se tem notícias da movimentação do Procom do Amazonas e nem do Procom Manaus

Publicações relacionadas

Wilson Lima entrega o Governo aos políticos.

Redação

Pesquisadores já criaram vacina contra o coronavírus

Redação

Prefeitura prorroga decreto e mantém atividades presenciais fechadas na administração municipal

Redação

Deixe uma resposta