Amazonas Destaques Manaus

TSE nega recursos e confirma a cassação de Adail Filho da Prefeitura de Coari

Ministro considerou que houve continuidade de grupo familiar no poder

TRE do Amazonas deve começar a preparar novas eleições no município

O ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral, julgou hoje (28) os recursos do prefeito eleito de Coari, Adail Pinheiro Filho e do vice-prefeito e primo de Adail, Keitton Pinheiro, decidindo que houve continuidade de grupo familiar quando da eleição de Adail Filho, uma vez que seu pai, Adail Pinheiro, já havia sido prefeito de 2012 a 2016, mesmo tendo sido cassado em 2015.
Em sua sentença, o ministro apontou que houve “efetivo exercício do mandato, de forma a impedir a reeleição (de Adail Filho) bem como a perpetuação de grupos familiares no poder, o que denota a higidez da solução empregada na origem”, ou seja, no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).
A partir da publicação da decisão, o TRE-AM já pode começar a preparar as novas eleições para a Prefeitura de Coari.

Publicações relacionadas

Polícia Civil detém mais um integrante de quadrilha presa na operação ‘Overlord’

Redação

Novos presos são submetidos à quarentena no sistema carcerário do Amazonas

Redação

Josué recebe caminhoneiros e motoristas de aplicativos e trata sobre baixa no preço dos combustíveis

Redação

Deixe uma resposta