Amazonas Destaques Manaus

Tribunal de Contas reabre atividades presenciais nesta quarta-feira

Será preciso passaporte de vacinação e outras medidas sanitárias para entrar na Corte

Prazos processuais também começam a valer a partir de amanhã

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) retoma nesta quarta-feira (12) as atividades 100% presenciais adotando todos os protocolos e segurança sanitária e medidas de prevenção à Covid-19 e à Influenza. Os protocolos estão previstos em portaria publicada no Diário Oficial Eletrônico e seguem modelos adotados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e Superior Tribunal de Justiça (STJ). “Vamos retornar com as atividades presenciais obedecendo a um rígido protocolo de segurança em obediência às determinações sanitárias e para prevenir contágios”, afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

Comprovante de vacinação

Entre as medidas estão a exigência do comprovante de vacinação com as duas doses do imunizante para o público externo (advogados, representantes de órgãos públicos, sociedade em geral e etc) e servidores da Corte de Contas, aferição da temperatura na entrada e durante a permanência no Tribunal, além do uso de máscara e higienização das mãos com álcool em gel.

Gripados não entram

Segundo a Portaria, servidores do TCE-AM com sintomas gripais não terão acesso ao Tribunal, deverão apresentar comprovante médico que estão recebendo o devido tratamento e serão acompanhados pela Diretoria de Saúde (Disau) da Corte de Contas e pela Diretoria de Recursos Humanos.

Jornada de trabalho

Conforme a portaria de autorização do retorno presencial, ficou estabelecida a jornada de trabalho de seis horas diárias. Os servidores poderão permanecer nas dependências do Tribunal até às 17h, para cumprimento das horas que correspondem à produtividade, bem como ao banco de horas. A entrada dos servidores e estagiários deve ocorrer das 7h às 9h e o registro de ponto, tanto da entrada quanto da saída, será efetuado por meio do sistema de ponto eletrônico.

Prazos processuais

A data de retorno também marca o reinício dos prazos processuais, que estiveram suspensos durante o período de recesso, além do reinício do recebimento e tramitação de processos e demandas pelo Sistema de Processos e Documentos Eletrônicos (Spede).

Publicações relacionadas

Diarista é presa em Manaus suspeita de sequestrar companheiro e sacar R$ 10 mil da vítima

Redação

CPI constata contradição em depoimento e vê ligação de presidente da Aades com Carla Pollake

Redação

Situação da falta de espaço no único Cemitério de Itacoatiara é preocupante

Redação

Deixe um comentário