Brasil Destaques Polícial

Suspeito de triplo homicídio no Amazonas, ‘Ponga’ morre em operação da polícia no Rio

Manaus/AM – Roque de Castro Pinto Júnior, foragido da Justiça do Amazonas, está entre os 22 mortos da operação que aconteceu nesta terça-feira (24) na Vila do Cruzeiro, no Rio de Janeiro. 

Roque, também conhecido como “Ponga”, estava sendo procurado por suspeita de ter envolvimento em um triplo homicídio que aconteceu em março de 2018, em um sítio no km 49 da rodovia estadual AM-240, estrada do Distrito de Balbina, em Presidente Figueiredo, no Amazonas. Júnior estava entre os outros 12 procurados pelo crime.

O homem também já foi alvo da Operação Imperium II da Polícia Civil do Amazonas, no bairro Compensa, na zona Oeste de Manaus, em 2019, onde foi preso com munições, armas e drogas. Ele também respondia por porte ilegal de arma de fogo após ser preso pela Rocam em 2017 no bairro Novo Aleixo, na zona Norte da capital. 

Operação Rio – Ao todo, 22 pessoas morreram durante a operação que durou 12 horas na Vila Cruzeiro, no Rio. Destes, 13 foram identificados e eram suspeitos de integrar o tráfico da região. Uma moradora de 41 anos morreu dentro de casa após ser atingida por uma bala perdida, na entrada da Chatuba.

Publicações relacionadas

Corregedor do CNJ determina que TJAM apure descumprimento de decisão na saúde

Redação

Polícia Federal faz operação em Manaus por crimes no serviço público

Redação

Justiça doará madeira apreendida pela Polícia Rodoviária Federal no AM

Redação

Deixe um comentário