Amazonas Destaques Manaus

Secretaria de Saúde faz contratação de profissionais para atuação no combate à Covid-19 em Manaus; salário chega a R$ 6,9 mil

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) lançou Edital de Chamamento Público Emergencial para Contratação Temporária para as funções de médico clínico geral, médico patologista, técnico em necropsia e técnico em patologia clínica. Ao todo, são 16 vagas para atender as necessidades do combate ao novo coronavírus. Manaus já registra quase seis mil casos da Covid-19.

Os detalhes do edital podem ser consultados na edição nº 4.834, do Diário Oficial do Município (DOM), desta quinta-feira (7).

Interessados podem se inscrever nesta sexta-feira (8), e no sábado (9), pela internet.

Para participar e concorrer o candidato deverá acessar o endereço eletrônico http://semsa.manaus.am.gov.br ou o link https://bit.ly/3bbwMXG, até as 23h59min do dia 9/5, preencher o formulário de inscrição on-line, devendo anexar Curriculum Vitae, de acordo com a função para a qual está concorrendo, bem como cópia simples do diploma e do documento de Conselho de Classe.

A seleção será em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório. A contratação será por seis meses, podendo ser prorrogada, de acordo com o que consta na Lei nº 1.425/2010. Os profissionais serão lotados em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS) da Semsa. A convocação para contratação será realizada na ordem cronológica de inscrição dos candidatos.

São três vagas para médico clínico geral, com carga horária de 20 horas semanais e salário de R$ 6.933,96; cinco vagas para médico patologista, com salário de R$ 6.933,96 e 20 horas por semana; três vagas de técnico em necropsia, com remuneração mensal de R$ 2.667,85 e carga semanal de 40 horas; e cinco vagas de técnico em patologia clínica, para 40 horas semanais e salário de R$ 2.667,85.

Não serão aceitas as inscrições de candidatos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de doenças crônicas, por se enquadrarem no grupo em que a Covid-19 pode se manifestar de forma mais grave. Também estão impedidas de participar pessoas que completarem 60 anos de idade em até 180 dias, contados de 16 de março de 2020, conforme art. 1º, do Decreto nº 4.780, de mesma data, que declarou situação anormal, caracterizada como emergencial, no município de Manaus, em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus.

A decisão de contratar esses profissionais levou em consideração a necessidade urgente do emprego de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de diminuir a disseminação da doença no município, o que ocasionou maior demanda de atendimentos em Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) e prontos-socorros.

Publicações relacionadas

Professora testa positivo para Covid-19 e escola mantém aulas

Redação

Em carta aberta, Greta Thunberg pede ajuda para combate à Covid-19 no AM

Redação

Ativista da esquerda: Homem atea fogo em ônibus e grita “Fora Bolsonaro”, quase mata 10 pessoas queimadas

Redação

Deixe uma resposta