Amazonas Cotidiano Destaques

SEAS é acusada de não fornecer Epis para trabalhadores na distribuição de alimentos

A Secretaria de Estado da Assistência Social do Amazonas – SEAS, vem desde do dia 25/03/2020, distribuindo frutas e verduras a instituições sociais do Estado, tais alimentos eram usados na SEDUC, para merenda das escolas estaduais, agora, por intermédio da SEPROR, a SEAS vem fazendo essa distribuição, mas infelizmente de forma inadequada para o momento de pandemia de Covid-19 que vivemos. A distribuição é feita na Sede da Secretaria, por funcionários sem EPI’S, e feita no meio de uma aglomeração de servidores e pessoas responsáveis pelas intuições sociais, tudo aquilo contra indicado pela OMS, que solicita que não seja realizado eventos com mais de 4 pessoas. A distribuição de frutas e verduras é liderada pela Secretária Executiva da SEAS, Branca Pinheiro, que parece usar da distribuição de alimentos, para realizar uma pré campanha político. Infelizmente tais atos podem prejudicar tantos servidores que trabalham sem máscaras e luvas, quanto as pessoas responsáveis pela instituições, que muitas vezes trabalham com pessoas totalmente vulneráveis.

Publicações relacionadas

‘Natal do Abraço’ contagia visitantes da Ponta Negra

Redação

Vixi: Mal-estar entre Bolsonaro e Mandetta foi um contrato bilionário de publicidade autorizado pelo ministro, que banca Band e Globo, denuncia jornalista

Redação

Mais de mil turistas a bordo do navio M/s Magellan são recebidos pela prefeitura

Redação

Deixe uma resposta