Amazonas Destaques Manaus

Seap gasta R$17 milhões só para manter presídios no Amazonas

Manaus – O  Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), vai gastar mais de R$ 17.042.335,72 milhões na contratação de uma empresa especializada na prestação de serviços de manutenção predial para presídios do Estado.

O gasto milionário poderia ser investido na construção de escolas. Levando em consideraçãp licitações já realizadas, a construção de uma escola de pequeno porte, com pelo menos seis aulas de ala, custaria em torno de R$ 1.700.000.

O valor gasto poderia ser investido na construção de dez escolas. A exemplo da Escola Estadual Saldanha, que está abandonada, em manuntenção há anos.

(Foto: Sandro Pereira/Arquivo)

O contrato foi firmado em agosto deste ano com a empresa CR Obras da Construção LTDA, com vigência de 12 meses. Por mês, a empresa deve receber R$ 1.371.996,71.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a mesma empresa contratada pelo governador Wilson Lima para prestar serviço, já foi denunciada por lavagem de dinheiro público, durante investigações da Operação ‘Maus Caminhos’, que desarticulou um grupo que desviava recursos públicos do estado na área de saúde.

Recapitulando
No Plano de Governo de Wilson Lima, em 2019, uma das propostas para a segurança e o sistema prisional era de fortalecer o Serviço de Inteligência no combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas, o que na prática é bem diferente. Segundo os dados da Seap de 2013 a 2020, quase 500 pessoas seguiam foragidas das unidades prisionais.

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/amazonas/seap-gasta-r17-milhoes-so-para-manter-presidios-no-amazonas/

Publicações relacionadas

Falta de energia elétrica atinge bairros e até HPS João Lúcio

Redação

Dupla é presa com bombas para explodir caixa eletrônico em Manaus

Redação

Covid-19: O que fazer para evitar a segunda onda

Redação