Amazonas Brasil Cotidiano Destaques

SAIBA COMO REGULARIZAR SEU TÍTULO DE ELEITOR PELA INTERNET

Diante da necessidade de permanecer em quarentena, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de cada estado estão seguindo novas regras de atendimento. É necessário estar com o título de eleitor devidamente regularizado para poder participar do primeiro turno das Eleições de 2020 para prefeitos e vereadores.

Uma série de fatores pode tornar esse procedimento necessário, como o não comparecimento ao cadastro da biometria em municípios que já tiveram seus prazos encerrados. É importante destacar, além disso, que a regularização do título deve ser feita até o dia 6 de maio — prazo válido também para registro e transferência do título.

Antes de qualquer coisa, você precisa conferir se está em dia com a Justiça Federal. Para isso, acesse o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, no menu “Serviços do Eleitor”, escolha a opção “Situação Eleitoral”. Para realizar essa consulta, basta fornecer seu nome completo ou CPF.

Tribunal Superior Eleitoral

Tribunal Superior Eleitoral.Fonte:  Conjur 

Como regularizar o título de eleitor pela internet?

Caso você esteja em situação irregular por ter faltado às últimas eleições, é necessário pagar uma multa. Para tanto, acesse o site do TSE e, no menu “Eleitor e Eleições”, escolha a opção “Quitação de Multas”.

Em seguida, será necessário fornecer informações sobre o seu título, além de nome completo, data de nascimento e nome dos pais. Em seguida, o site gerará um boleto que, uma vez pago, regularizará a sua situação.

Para cada turno de votação não comparecido, é cobrado o valor de R$ 3,51. Contudo, no caso de mesários que se ausentaram, o TSE pode fixar valores mais altos.

Caso seu título de eleitor tenha sido cancelado devido ao não comparecimento no cadastro da biometria, é necessário consultar o site do TRE do seu estado para saber qual procedimento seguir, já que esse cadastro costuma ser feito presencialmente nos cartórios eleitorais.

Vale destacar que a Receita Federal anunciou que regularizará os CPFs daqueles que têm pendências eleitorais e solicitaram o Auxílio Emergencial.

a

E se o título não for regularizado?

Nesse caso, você não poderá votar nas Eleições de 2020 e será sujeito a uma série de restrições. Além de não poder retirar passaporte, que requer a certidão de quitação eleitoral, você estará impedido de: participar de concursos públicos, assumir e receber remuneração em cargos públicos; obter empréstimos em linhas de crédito do governo federal; realizar matrículas em instituições de ensino públicas.

FONTE:tecmundo

Publicações relacionadas

TCE-AM se prepara para fazer sessões plenárias virtuais

Redação

Negociações do Refis Municipal terminam nesta sexta-feira, 27/12

Redação

Esquema de corrupção no Rio envolve presidente do partido do governador do AM

Redação

Deixe uma resposta