Amazonas Destaques Manaus

Romero Reis é o candidato a prefeito mais rico do Brasil

Revista Nacional diz que Manaus virou o jogo

O voo mais curto do Brasil está na Região Norte

Candidato atira pra todo lado mas só consegue o efeito bumerangue

O candidato do partido nanico, O empreiteiro Romero Reis, com R$ 25 milhões em patrimônio declarado, é o mais rico entre todos os 317 políticos que concorrem às prefeituras nas 26 capitais brasileiras. O segundo mais rico é Hildon Chaves (PSDB de Porto Velho -RO) que declarou R$ 20 milhões. E o terceiro maior patrimônio é de Vanderlan Cardoso (PSD) de Goiânia (GO), com R$ 14 milhões em patrimônio. Até ontem (18), Romero Reis arrecadou R$ 101.768,40, sendo que R$ 100 mil foram doados pelo próprio candidato.

Dinheiro chega aos prefeituráveis

David Almeida (Avante) já arrecadou R$ 720 mil, sendo que R$ 700 mil foram doados pela direção Nacional do partido e R$ 20 mil por Tadeu de Souza Silva. Alberto Neto (Republicanos) arrecadou 595.500,00, dos quais R$ 425 mil foram de doação da Direção Estadual do seu partido e R$ 75 mil doados pelo candidato a vice, Orsine Júnior. Alfredo Nascimento continua com a maior arrecadação (R$ 6 milhões que foram doados pela direção nacional do PL. Amazonino Mendes já arrecadou R$ 1.470.000,00, R$ 1.060.000,00 doados pela direção municipal do Podemos e R$ 410 mil pela direção estadual do PSL. O petista José Ricardo tem em conta R$ 1.247.000,00, sendo que R$ 1.240.000,00 doados pela direção nacional do partido.

Manaus nas páginas nacionais

A revista “Isto É, destacou medidas tomadas pelo prefeito Arthur Neto, como exemplo de boa gestão, em ampla reportagem com o título “Manaus vira o jogo”. Entre as ações do prefeito, a revista cita o equilíbrio financeiro, mesmo com a pandemia. “Cortou gastos, mantém maior parte dos funcionários em home office, garantiu o equilíbrio financeiro da Previdência e manteve o ritmo de obras em toda capital, realizando entre outras, o maior programa de todos os tempos de asfaltamento da capital, implantado desde 2019 e que chega em outubro a sua sétima edição, recuperando centenas de ruas”, destaca.

Candidata é destaque no Estadão

A campanha de Michele Guimarães (PL 22.092), candidata a vereadora em Manaus, foi destaque em reportagem do jornal O Estado de São Paulo com vasto currículo e preparação em cursos do RenovaBR, Raps e o Agora. Michele teve direito ainda a uma foto tendo rio Negro como cenário.

Amom e a tecnologia

Outra campanha que vem crescendo e conquistando os jovens é a do microempresário Amom Mandel (Podemos 19.111), que tem no currículo trabalhos voluntários para a ONU e Fundação Wikimédia. A campanha de Amom (19 anos) tem como foco a tecnologia e modernização dos serviços públicos com o uso de aplicativos. “Temos que trazer para os serviços públicos a revolução tecnológica que presenciamos no setor privado”, defende Amom.

Espaço para inclusão

Quem também vem se destacando nessa corrida pela Câmara Municipal de Manaus é Ingrid Mendonça (Avante 70020). Ela é deficiente visual, presidente licenciada da Associação de Deficientes Visuais do Amazonas e tem uma história de superação.

O voo mais curto do Brasil

Levantamento feito pela Anac ( Agência Nacional de Aviação Civil) revela que o vôo doméstico mais curto no Brasil dura, em média 17 minutos, ligando as cidades de Óbidos e Oriximiná, no Pará. E o voo mais longo, acontece de Guarulhos, São Paulo até Rio Branco, no Acre, com mais de quatro horas de duração.

Waldemir sem noção

O ex-vereador Waldemir José ( PT 13.601), que tenta mais uma vez voltar à Câmara Municipal de Manaus, promete que, se eleito, irá apresentar uma lei para que as greves de ônibus sejam com catraca livre. O petista esquece que só quem pode legislar sobre direto do trabalho é a União.

Candidato bumerangue

Chico Preto (DC) vem acumulando derrotas antes mesmo da eleição. O vereador foi excluído dos debates, tem a impugnação de sua candidatura solicitada pelo Ministério Público Eleitoral e agora foi condenado a pagar R$ 30 mil por insistir em manter postagem caluniosa contra Amazonino Mendes. E para completar, Chico Preto está desidratando nas pesquisas eleitorais, mas continua atirando pra todos os lados. Até agora a pontaria tem se caracterizado como efeito bumerangue

Publicações relacionadas

Mais de 160 casos de invasão em aparelhos eletrônicos foram registradas no AM em 2019

Redação

David Almeida mantém trabalho na prefeitura em forma de home office

Redação

Diminuição dos repasses do Fundeb ao Amazonas preocupa deputados estaduais

marceadmin

Deixe uma resposta