Amazonas Destaques Manaus

Rio Negro marca 29,69 metros, terceira maior cheia e atinge Relógio Municipal

Manaus – A cota do Rio Negro chegou a marca de 29,69 metros neste domingo (16), a terceira maior cheia, igual a de 1953, e já atinge a área do Relógio Municipal, na Praça da Matriz, Centro de Manaus. Uma parte da Avenida Eduardo Ribeiro foi interditada com grades de contenção. Pedaços de madeira já auxiliam as pessoas a atravessarem a rua.

De acordo com o monitoramento hidrológico do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o Rio Negro está em 29,69 metros. A previsão é que o nível das águas alcance 30,35 metros, marca que vai superar a cheia recorde registrada em 2012, quando o rio chegou a 29,97 metros. Conforme o CPRM, a cheia de 2021 deverá ser a quinta maior já registrada em Manaus.

As águas atingiram a área do Relógio Municipal, na Praça da Matriz (Foto: Nainy Castelo Branco / Divulgação)

Outros pontos do Centro da capital também sofrem com a cheia. A Rua dos Barés, no trecho a partir da Avenida Joaquim Nabuco até a Rua Pedro Botelho, está interditada. Na semana passada, 400 metros de pontes de madeira provisória foram construídas na Manaus Moderna.

Neste mês, o prefeito da cidade, David Almeida, declarou situação de emergência em virtude da possibilidade de uma cheia histórica do Rio Negro. Segundo Almeida, as ações de prevenção foram realizadas para amenizar o máximo possível de sofrimento dos moradores, tanto na área urbana quanto na ribeirinha, que sofrem com a enchente.

Em 2012, quando o Rio Negro registrou 29,97 metros, alguns trechos foram afetados e o tráfego de veículos foi prejudicado. O Terminal da Matriz foi invadido pela água e fechado em maio, e só voltou a funcionar em agosto. Outro prédio interditado no mesmo ano foi o da Alfândega.

Pontes
A Prefeitura de Manaus inicia nesta segunda-feira (17) a construção de pontes de madeira, no trecho da Avenida Eduardo Ribeiro – na área da praça do Relógio municipal. Neste domingo (16), o prefeito conferiu o avanço do Rio Negro, nas ruas do Centro. Além de anunciar as medidas para a região, ele também comentou sobre as demais ações realizadas pelo Executivo municipal, para auxiliar as famílias atingidas pela cheia.

“Nesta segunda-feira iniciaremos a construção de barreiras de contenção, com areia e concreto, nas áreas atingidas pela cheia, no Centro, para assegurar uma condição mínima possível de circulação ao comércio local, para que continuem com as suas atividades”, informou.

O prefeito também confirmou a distribuição, ao longo da semana, de cestas básicas, kits de higiene e de dormitórios, às famílias dos 15 bairros atingidos pela cheia do Rio Negro, assim como a construção de pontes e marombas nas áreas inundadas.

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/amazonas/rio-negro-marca-2969-metros-terceira-maior-cheia-e-atinge-relogio-municipal/

Publicações relacionadas

URGENTE – Prefeito “Sabugo” (PT) de Urucutiba/AM é preso em operação do GAECO realizada nesta quarta-feira (28)

marceadmin

Policiais apagam pichações feitas por facção criminosa em Manaus

Redação

Prefeitura firma termo de cooperação técnica para fortalecer capacitação de servidores públicos

Redação