Amazonas Destaques Manaus

Reunião dos Portais Amazonenses repercuti nos bastidores da Secom e Semcom e sindicato deve usar o selo para jogar no lixo

De acordo com os empresários e jornalistas donos de sites e portais, a ferramenta é na verdade um meio para promover censura e seleção contra a maioria dos veículos de comunicação do estado. Por meio de nota, os líderes do movimento contra o selo afirmam que o “grupo está sendo criado para quem é empresário, dono de portal e Blog no Amazonas.

A intenção é unir forças para combater uma fraude que tenta, incessantemente, nos prejudicar”, diz trecho do texto compartilhado em redes sociais.

Após repercussão do encontro o desespero rolou para o lado do sindicato. Segundo informações a Secom e a Semcom já se manifestaram internamente que não irão levar adiante a ideia imoral proposta por Dora Tupinambá, hoje afastada do sindicato e dona de um portal desconhecido que já se encontra na folha do governo Wilson Lima.

Os futuros associados dos portais estão organizando uma longa reunião que deverá acontecer no auditório da Aleam.

O intuito é debater e achar soluções que não prejudique o livre direito de se expressar garantido pela constituição e nem causar o fechamento de mais de 300 agências de notícias do Estado, que causaria um caos com desempregos em massa no setor.

Vamos aguardar

Ronaldo Aleixo

Publicações relacionadas

COVID-19: MPAM sugere convênio com o Acre para garantir atendimento aos casos de covid-19 da região sul do Amazonas

Redação

Trapalhada da Secretaria de Infraestrutura de Itacoatiara | Trocou de secretário e o trabalho continua muito parecido

Redação

Com agenda em Manaus, Bolsonaro deve participar da Marcha para Jesus após convite de evangélicos

Redação

Deixe um comentário