Amazonas Destaques

Recuperado da Covid-19, bebê de um ano e quatro meses sai do período de transmissão e recebe alta, no AM

Uma criança de um ano e quatro meses que havia sido diagnosticada com o novo coronavírus no município de Parintins, interior do Amazonas, saiu do período de transmissão da Covid-19. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) neste domingo (5).

Em nota, a Susam confirmou por meio da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) que “o paciente é um dos confirmados para Covid-19 do município de Parintins que recebeu alta do hospital por melhora clínica”.

Somente no Amazonas, mais de 300 casos do novo coronavírus foram registrados até a manhã deste domingo (5). O estado possui 13 registros de óbitos.

De acordo com a Prefeitura do município, o bebê do sexo masculino foi a terceira pessoa na cidade que testou positivo para o coronavírus. Os sintomas no bebê tiveram início no dia 18 de março quando a criança apresentou febre e manchas no corpo. No dia 20, a mãe levou o filho até a cidade. Ele recebeu atendimento médico no hospital e voltou para a comunidade onde mora.

A suspeita começou no dia 25 do mesmo mês, quando a mãe levou a criança até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da comunidade e, de lá, o bebê foi encaminhado para o hospital da cidade. Amostras do paciente foram coletadas e enviadas para Manaus. O resultado deu positivo para a Covid-19 na segunda-feira (30).

Após confirmação do contágio, a criança ficou internada no Hospital Jofre Cohen, no município. Além disso, a coordenação de vigilância em saúde monitorou os locais e pessoas com quem a criança teve contato.

Ao G1, o secretário municipal de Saúde de Parintins, Clerton Florêncio, afirmou que na manhã deste domingo (5) a criança recebeu alta após não apresentar mais nenhum sintoma. O bebê saiu da unidade hospitalar com a mãe.

Bebê saiu do hospital com a mãe  — Foto: Divulgação
Bebê saiu do hospital com a mãe  — Foto: Divulgação

Bebê saiu do hospital com a mãe — Foto: Divulgação

Com a alta médica, a criança ficará em quarentena domiciliar. O distanciamento social obedece normas médicas para a preservação da integridade do seu sistema imunológico.

O diretor clínico do hospital, médico Paulo Roberto Pires, explicou que a criança chegou à unidade com quadro de pneumonia causado pelo coronavírus. Segundo o médico, após o período de isolamento, a criança apresenta quadro clínico satisfatório por não apresentar mais nenhum sintoma da doença.

“Essa criança fez o tratamento somente com os antibióticos que tinham sido prescritos pela pediatra. Foi alimentada e cuidada. Ela ficou isolada e acompanhada somente da mãe e assistida pela pediatra que fazia visitas frequentes, dentro de toda a paramentação de segurança exigida no caso”, explicou.

Publicações relacionadas

Jovem é morto com dez tiros em Manaus enquanto assistia final da Copa Libertadores

Redação

Governo Federal quer transformar Amazônia em referência mundial na geração de negócios sustentáveis

Redação

Mulher morre, e motorista foge após carro bater em poste na Torquato Tapajós em Manaus, diz polícia

Redação

Deixe uma resposta