Amazonas Destaques Manaus

Pronto-Socorro João Lúcio suspende visitas a pacientes internados como forma de prevenção ao coronavírus

O Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, localizado na Zona Leste de Manaus, decidiu suspender a partir deste domingo (22) as visitas aos pacientes internados e visitas de grupos assistenciais e religiosos à unidade. Estão suspensas também as visitas da Capelania e do “Posso Ajudar?”. A proibição faz parte das medidas de prevenção do coronavírus na cidade.

G1 teve acesso a uma cópia do documento, assinado pelo gestor geral do Pronto-Socorro, Silvio Romano Benjamin Júnior.

“Considerando a necessidade de se reduzir o fluxo de visitantes e acompanhantes no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio Pereira Machado, como forma de proteger os pacientes internados de uma possível transmissão de coronavírus, além, de garantir a integridade dos profissionais atuantes na unidade”, diz um trecho do documento.

Coronavírus no Amazonas

O Amazonas possui 32 casos confirmados do novo coronavírus, de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Município de Parintins é o primeiro do interior do estado a registrar um caso.

O caso de Parintins – um homem que esteve em contato com pessoas de São Paulo – está na UTI do Hospital Delphina Aziz e, segundo a FVS, não corre risco de morte. Outros 20 casos estão em análise aguardando resultado de exames.

Publicações relacionadas

Globoplay hackeado? Globo esclarece notificação enviada aos usuários do app

Redação

Prefeitura de Manaus entrega o maior presépio natalino em movimento do Brasil

Redação

Após dois dias internado com obstrução intestinal, Bolsonaro recebe alta

Redação