Amazonas Destaques Manaus

Pronto-Socorro João Lúcio suspende visitas a pacientes internados como forma de prevenção ao coronavírus

O Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, localizado na Zona Leste de Manaus, decidiu suspender a partir deste domingo (22) as visitas aos pacientes internados e visitas de grupos assistenciais e religiosos à unidade. Estão suspensas também as visitas da Capelania e do “Posso Ajudar?”. A proibição faz parte das medidas de prevenção do coronavírus na cidade.

G1 teve acesso a uma cópia do documento, assinado pelo gestor geral do Pronto-Socorro, Silvio Romano Benjamin Júnior.

“Considerando a necessidade de se reduzir o fluxo de visitantes e acompanhantes no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio Pereira Machado, como forma de proteger os pacientes internados de uma possível transmissão de coronavírus, além, de garantir a integridade dos profissionais atuantes na unidade”, diz um trecho do documento.

Coronavírus no Amazonas

O Amazonas possui 32 casos confirmados do novo coronavírus, de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Município de Parintins é o primeiro do interior do estado a registrar um caso.

O caso de Parintins – um homem que esteve em contato com pessoas de São Paulo – está na UTI do Hospital Delphina Aziz e, segundo a FVS, não corre risco de morte. Outros 20 casos estão em análise aguardando resultado de exames.

Publicações relacionadas

Fiscalização ambiental retira 14 armações de barracos de área verde e de risco no Hileia 1

Redação

Dia ‘D’ contra sarampo ocorre neste sábado em 133 postos de vacinação em Manaus

Redação

Em resposta a ataques pessoais, Arthur Virgílio diz que Bolsonaro é incapaz e incompetente

Redação

Deixe uma resposta