Amazonas Destaques Manaus

Projeto de Roberto Cidade quer responsabilizar condutores sob efeito de álcool por danos ao patrimônio público

Os condutores de veículos que provocarem acidentes de trânsito sob a influência de álcool ou drogas, vão ser obrigados a ressarcir o Estado, por danos causados ao patrimônio público. É o que prevê um Projeto de Lei apresentado pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), nesta quarta-feira (19).

Segundo o parlamentar, a propositura visa, além de desonerar o Estado, auxiliar na Campanha de Prevenção de Acidentes de Trânsito, estabelecida pela Lei Seca.

“A obrigação de pagar pelo dano decorrente do acidente é uma medida pedagógica a fim de coibir a direção irresponsável. É uma maneira de criar algo que motive os motoristas a não beberem ou usar drogas antes de dirigir”, destacou.

De acordo com a proposta, considera-se patrimônio público todo equipamento, construção, edificação, instalação ou bem natural à disposição da coletividade que tenha sido custeado ou esteja sob responsabilidade de manutenção pelo Estado.

Foto: Evandro Seixas

Publicações relacionadas

Operação ‘Mão de Ferro’ abre as atividades da Polícia Militar do Amazonas e Força Nacional de Segurança

Redação

Prefeitura realiza operação conjunta de manejo da arborização no centro histórico

Redação

Passageira fica ferida ao pular de carro para fugir de motorista de app durante tentativa de estupro; suspeito foi preso em Manaus

Redação