Amazonas Destaques Manaus

Primeira central de atendimento de resíduos sólidos do AM será instalada em Iranduba

O município de Iranduba, localizado a 27 quilômetros de Manaus, está prestes a ser incluído na seleta lista de municípios brasileiros que solucionaram um dos maiores problemas sociais e ambientais da atualidade: o lixão e o descarte incorreto de resíduos.

A proposta da empresa amazonense Norte Ambiental, que tem nove anos de atuação neste segmento e é referência no setor, com projetos desenvolvidos nos estados do Amazonas, Rondônia e Roraima é a construção do Centro de Atendimento de Resíduos Sólidos que ficará localizado no ramal do quilômetro 21 da AM-070, exterminando de vez a existência do lixão daquela cidade e que acumula problemas no km 8 da estrada que dá acesso ao Lago de Janauari.

De acordo com o CEO da empresa, Sérgio Bringel, a central será a primeira no Estado do Amazonas e uma das mais avançadas e eficientes de todo o País, gerando mais de 200 empregos diretos em Iranduba e resolverá, de uma vez por todas, os problemas ambientais provocados pelo descarte incorreto do lixo residencial e industrial no município, como doenças e poluição da água e do solo.

Ainda de acordo com Bringel, a Central irá utilizar as mais modernas tecnologias, desde um aplicativo para monitorar a coleta e o transporte dos resíduos, até a preparação adequada do terreno para o tratamento correto dos materiais e destinação final dos resíduos.

“Com a implantação desse projeto, Iranduba irá entrar para o mapa dos municípios brasileiros que tratam com responsabilidade e de forma correta o descarte do lixo e que tem como prioridades a saúde pública, o meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida da sua população”, afirmou Bringel, ao acrescentar que o fim do depósito irregular de resíduos irá acabar também com as queimadas.

Ação Social no Hospital Hilda Freire
Atendendo diversas empresas de Manaus e algumas das principais redes de saúde privadas do Estado, a Norte Ambiental, desde a chegada do coronavírus ao Amazonas, em março de 2020, tem desenvolvido um amplo programa social.

Entre os beneficiados está o Hospital Geral Hilda Freira de Iranduba, que já recebeu a doação de três mil itens, entre insumos e remédios, e também a rede hospitalar pública em Manaus, que recebeu mais de R$ 700 mil doados em medicamentos e artigos exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid durante a pandemia.

* Foto ilustrativa de uma central de resíduos sólidos

Publicações relacionadas

Com enchente no AM, policiais de Anamã fazem patrulhamento em canoas e lanchas

Redação

Ponta Negra recebe ‘Festival de Yemanjá’ a partir deste sábado

Redação

Veja como baixar o aplicativo para receber o auxílio de R$ 600,00 do governo federal

Redação