Destaques Manaus

Prefeitura pede colaboração para denunciar furtos de cabos nos semáforos de Manaus

Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), pede o apoio da população para que denuncie a prática criminosa de furtos de cabos de energia nos equipamentos semafóricos da cidade. O delito vem prejudicando a população e o trânsito da cidade. O órgão responsável está trabalhando para sanar os problemas ocasionados devido o crime e agilizar a fluidez nas vias onde ocorreram os fatos.  

Nesse último fim de semana, três jogos semafóricos na zona Leste tiveram toda a fiação furtada, prejudicando a população e causando prejuízos aos cofres públicos, além de colocar vidas em risco. Desde o início do ano essa prática está acontecendo com frequência nas demais zonas da cidade. 

“O furto desses cabos semafóricos coloca em risco a vida da população. Portanto, é vital que o cidadão nos ajude no combate a esta prática criminosa, denunciando os infratores à polícia ou aos agentes de trânsito. A prefeitura não deixa de fazer a parte dela e está buscando mais ações ainda nesse sentido, para que a população não seja prejudicada. Os criminosos serão punidos conforme a lei”, explicou Paulo Henrique Martins, diretor-presidente do IMMU. 

Os semáforos que tiveram os cabos furtados estão localizados na avenida Cosme Ferreira em frente ao hospital e pronto-socorro João Lúcio. Outra localização fica na avenida Autaz Mirim, próximo a escola de samba Grande Família. O jogo semafórico da alça de retorno na avenida Autaz Mirim, também foi prejudicado. Os agentes de trânsito permaneceram nos locais para controlar a circulação dos carros, até que a equipe de engenharia do IMMU realizasse o reparo dos equipamentos. 

O IMMU informa que só neste ano, mais de 500 metros de fiação foram furtados, causando transtornos ao trânsito, dificuldade de fluidez e prejuízos aos cofres públicos.

“A prefeitura está combatendo os furtos e tem tomado algumas medidas para inibir esses crimes. Foram aplicados aumento na altura do cabeamento e até revestimento dos fios com cabos de aço para dificultar os furtos”, disse Uarodi Guedes, diretor de engenharia do IMMU.

Publicações relacionadas

Ciência computacional: uma nova arma contra o coronavírus

Redação

Início da vacinação pode ser definido em reunião

Redação

Prefeitura convoca 60 professores aprovados no cadastro reserva para atuarem em escolas da Semed

Redação

Deixe um comentário