Sem categoria

Prefeitura Manaus segue avançando na Saúde e mantém o primeiro lugar no ranking do Previne Brasil

l

O prefeito David Almeida anunciou no início da noite desta sexta-feira, 3/6, que Manaus está, mais uma vez, no primeiro lugar entre as capitais no ranking do Previne Brasil, programa nacional que avalia o desempenho e a qualidade dos serviços de Atenção Primária em Saúde (APS) oferecidos pelos municípios.

A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde e mostra que Manaus recebeu 7,74 no Índice Sintético Final (ISF), a maior nota entre as capitais, ficando à frente de Maceió (6,82), Curitiba (6,80), Florianópolis (6,49), Rio de Janeiro (6,23), Natal (6,16), Porto Alegre (6,07), Brasília (6,01), Campo Grande (5,74) e Palmas (5,65) na lista das dez cidades com maior pontuação. A nota se refere ao período de janeiro a abril deste ano.

“Estou muito feliz com esse resultado e quero parabenizar os melhores servidores de saúde básica do Brasil”, comemorou o prefeito em vídeo gravado para as redes sociais.

David Almeida agradeceu ao secretário Djalma Coelho e também à ex-secretária Shádia Fraxe, na gestão de quem Manaus foi líder do Previne Brasil pela primeira vez. “Manaus continua sendo destaque em todo o país com relação aos seus índices de qualidade em atendimentos de saúde básica. Muito obrigado pelo trabalho de todos. Temos muito o que comemorar”, disse o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, também celebrou os resultados e destacou que os avanços do município neste setor refletem o compromisso da gestão em ofertar os melhores serviços à população e também ao envolvimento das equipes da Estratégia Saúde da Família e de Atenção Básica, que executam os serviços na ponta. “Para isso, temos aprimorado nossas ferramentas de planejamento, com o uso de tecnologia para o registro mais preciso e a análise sistemática de dados, e temos investido na valorização do servidor”, observou.

O ISF é a média do desempenho obtido nos sete indicadores do Previne Brasil, que contemplam as áreas de saúde da mulher, pré-natal, saúde da criança e doenças crônicas. Além de avaliar a qualidade dos serviços de atenção primária oferecidos aos usuários do sistema público, os resultados obtidos por cada município são utilizados como base de cálculo para o financiamento das ações de saúde.

A avaliação é feita a cada quatro meses e considera a proporção de: gestantes com pelo menos seis consultas de pré-natal, sendo a primeira realizada até a 12ª semana de gestação; de gestantes com exames para sífilis e HIV; de gestantes com atendimento odontológico realizado; de mulheres com coleta de exame citopatológico na APS; de crianças de 1 anos de idade vacinadas com a pentavalente e contra a poliomielite; de pessoas com hipertensão, com consulta e pressão arterial aferida no semestre; e de pessoas com diabetes e hemoglobina glicada solicitada no semestre.

O Ministério da Saúde estabeleceu que resultados acima de 7 na média desses indicadores garantem aos municípios o Selo de Qualidade em Atenção Primária à Saúde. “Manaus é bicampeã e nosso desafio é seguir no topo do ranking”, garantiu o secretário.

Publicações relacionadas

Apple: Novo vazamento revela surpresa na bateria do iPhone 14

Redação

Prefeitura de Manaus revitaliza sinalização de trânsito no Vieiralves

Redação

Ao comemorar 45 anos de vida pública, Arthur Neto anuncia Maria do Carmo como suplente e reforça defesa dos interesses do Amazonas

Redação

Deixe um comentário