Amazonas Destaques Manaus

Prefeitura de Manaus libera trecho revitalizado da Torquato Tapajós

Prefeitura de Manaus liberou neste domingo, 14/3, à noite, o tráfego de veículos interditado em um trecho da avenida Torquato Tapajós, em frente a antiga Phillips, na zona Norte, no sentido Centro-bairro, que estava interditado desde a última terça-feira, 9, devido ao rompimento de uma antiga rede de drenagem.

De acordo com o prefeito David Almeida, que acompanhou todo o processo recuperação da drenagem profunda, inclusive a liberação da via, neste domingo, os trabalhos foram executados de forma célere. A pista, deverá receber mais uma camada de asfalto ao longo da semana.

“Nós tivemos os trabalhos prejudicados por duas prestadoras de serviço, mas ainda assim fizemos esta obra de maneira rápida e eficiente. Aplicamos uma camada de asfalto hoje para podermos liberar a pista e melhorar o trânsito, mas durante a semana, à noite, os serviços serão finalizados sem prejuízos para a população” afirmou David.

Ação

Minutos após um trecho da pista ceder, com o peso de uma caçamba, que transportava seixo, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), montou uma força-tarefa e concluiu em cinco dias a substituição da rede de drenagem profunda, que tinha mais de 40 anos, que rompeu comprometendo o trânsito na avenida no sentido Centro-bairro.

“Nós demos uma resposta rápida para a população desde o primeiro dia. A Torquato só não foi entregue com ainda mais celeridade devido aos problemas causados pela Oi e neste domingo pelo imprevisto com a concessionária Águas de Manaus”, explicou o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta.

As chuvas também contribuíram para que a tubulação antiga, de águas pluviais, confeccionadas com uma antiga tecnologia em tubo armco, rompesse, causando o afundamento da pista.

Em uma resposta rápida, o corpo técnico da Seminf traçou o planejamento do serviço emergencial e iniciou a escavação de um trecho da pista para que as equipes tivessem espaço para retirar a tubulação danificada, implantar a nova rede com 15 metros de extensão, toda  em aduelas de concreto formando uma galeria  moderna para dar a vazão correta das águas pluviais, e por último recompactar o trecho da via com aproximadamente 50 toneladas de massa asfáltica.

A força-tarefa envolveu mais de 50 servidores, além de trabalhadores das concessionárias de água, luz, telefonia e gás, por se tratar de uma importante via por onde passam as canalizações das empresas.

— — —

Fotos – Osmar Neto / Seminf

Publicações relacionadas

TCE reúne sociedade e autoridades e para debater a qualidade de vida de idosos

Redação

Manaus dobra capacidade de armazenamento do seu datacenter com investimento em tecnologia hiperconvergente

Redação

Em meio ao ‘verão amazônico’, Manaus tem queda na temperatura

Redação

Deixe uma resposta