Manaus

Prefeitura de Manaus e governo do Estado assinam convênio de R$ 13,6 milhões para construção do Terminal 7 e adequação do T6

Garantindo avanço da mobilidade urbana na capital amazonense, o prefeito de Manaus, David Almeida, assinou nesta segunda-feira, 20/6, um convênio de R$13,6 milhões em parceria com o governo do Estado, para a liberação das obras do novo Terminal de Integração 7 e adequação do Terminal 6. A cerimônia de assinatura aconteceu na avenida Torquato Tapajós, bairro Santa Etelvina, zona Norte.

Na ocasião, o gestor municipal destacou que o T7 será um dos investimentos com impacto muito positivo para o sistema de transporte coletivo da cidade. O início das obras deverá acontecer logo após a assinatura da ordem de serviço, que está prevista para o final de 2022.

“Aqui é o anel sul, uma obra que o governo está fazendo que vai interligar a Torquato Tapajós até a entrada do aeroporto, e nós estamos bem nesse entroncamento onde vai ser construído o Terminal 7 da prefeitura, com aporte do governo. E o T6, no Viver Melhor, nessa parceria se transforma na nova rodoviária de Manaus, tirando o tráfego pesado da zona Centro-Sul. Essa é a transformação que a cidade de Manaus está passando, essa é a parceria que nós queríamos e que nós estamos tendo. A população está vendo o que está sendo feito na cidade, me uni ao governador Wilson Lima em prol do benefício para a população da cidade de Manaus”, assegurou Almeida.

O novo terminal será construído na avenida Torquato Tapajós, esquina com a avenida do Turismo, bairro Santa Etelvina, próximo ao complexo viário Lydia da Eira Corrêa e irá ligar os moradores do bairro diretamente às estações de transbordo do corredor viário da Torquato Tapajós e avenida Constantino Nery, com o pagamento de uma só passagem. Além disso, o terminal possui referências arquitetônicas, como o fenômeno natural “Encontro das águas”, utilizado na paginação de piso no acesso principal, como pedra em granito preto e branco, além da cobertura, lembrando o “vai e vem” das águas do rio Solimões quando encontram o rio Negro.

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, enfatizou que na região, a estimativa é de que 200 mil pessoas sejam beneficiadas diretamente por esses terminais, assim que forem consolidados.

“É um projeto importante, porque marca a segunda fase do programa de governo do prefeito David Almeida. A primeira fase do programa foi a melhoria da parte operacional do sistema de mobilidade urbana, como atendimento e horário, que continua sendo ajustada. Mas, agora começa essa nova fase que é a melhoria da infraestrutura dos terminais, das paradas de ônibus. Então, iniciamos com a construção do T7 e a adequação do T6, avançando com a melhoria dos terminais já existentes e a reforma dos pontos de ônibus e das plataformas existentes. Com essa parceria, prefeitura e governo, quem ganha diretamente são os moradores que residem nesta área e toda a população da cidade de Manaus”, afirmou Martins.

O T7 possui 4 mil metros quadrados de área construída, com tótens modernos de bilheteria e informativos de rotas. O projeto conta com ampla infraestrutura: guarita, sala dos motoristas, sanitários feminino, masculino e para Pessoas com Deficiência (PcD), salas da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e da Guarda Municipal, para reforço e segurança da região. Será composto por duas plataformas, sendo uma para articulado e convencional e uma apenas para convencional, com capacidade para atender, aproximadamente, 29 mil passageiros por dia.

“Isso aqui é uma parceria de aproximadamente R$13 milhões, e mais uma contrapartida da prefeitura. Isso é resultado desse encaminhamento entre prefeitura e governo do Estado, para que a gente possa melhorar a mobilidade da nossa capital. É a maior intervenção viária de todos os tempos e será implementada em um futuro próximo, quem ganha com essa parceria é a população”, completou o governador Wilson Lima.

Terminal rodoviário 6 – T6

Em virtude da necessidade de ampliação do espaço da atual Rodoviária de Manaus, a Prefeitura Manaus e governo do Estado firmaram um convênio para a adequação do Terminal 6 que irá substituir o atual espaço de atendimento dos ônibus interestaduais e intermunicipais, localizado na avenida Djalma Batista, nº 2, bairro Flores na zona Centro Sul.

O Terminal Rodoviário 6 contemplará também algumas linhas do transporte público da zona Norte e receberá algumas adequações para atender todas as demandas da rodoviária ou das linhas dos bairros próximos como Viver Melhor e Santa Etelvina. O T6 funcionará no cruzamento da avenida Governador José Lindoso (Avenida das Torres) com a avenida Comendador José Cruz, bairro Lago Azul.

O local passará a funcionar como a nova rodoviária da cidade, oferecendo mais conforto aos usuários deste transporte. Serão mais de 7 mil metros quadrados de área construída pela Prefeitura de Manaus e governo do Estado, com restaurante, lanchonete, lojas, agência dos Correios e atendimento das agências de viagens intermunicipais e interestaduais. No local também funcionará o setor de bilhetagem do Sinetram.

Quando entregue, o terminal de operação de transporte intermunicipal, interestadual e internacional integrado com o sistema de transporte urbano, atenderá efetivamente a demanda de passageiros com segurança, conforto e qualidade, de modo a acolher com facilidade a circulação e a acessibilidade às atividades urbanas. O Terminal de Integração funcionará como um ponto de encontro na cidade, não apenas como uma área de simples embarque e desembarque, mas um local de permanência, apresentando-se aos cidadãos como um local seguro e agradável. A praticidade será um ponto forte da  Rodoviária/T6, pois o usuário terá a conveniência de, ao sair do transporte intermunicipal ou interestadual, logo ter acesso às linhas que levam a outras áreas da cidade.

Publicações relacionadas

Escolas particulares em Manaus estão proibidas de exigir 62 itens de material escolar, saiba quais

Redação

Pai preso por estuprar as três filhas era investigado por abusar de enteada e sobrinha

Redação

Gasolina tem média de preço de R$ 4,69 em postos de Manaus, aponta pesquisa semanal do Procon

Redação

Deixe um comentário