Amazonas Destaques Manaus

Prefeitura atende mais de 2,5 mil pessoas nos primeiros dias de funcionamento do ponto de vacinação instalado no shopping Via Norte

Nos dois primeiros dias de funcionamento do ponto de vacinação do shopping Manaus Via Norte, localizado no Monte das Oliveiras, zona Norte, a Prefeitura de Manaus atendeu mais de 2,5 mil pessoas, que foram ao local receber a primeira dose, a segunda dose ou a dose de reforço. No sábado, 13/11, foram vacinadas 1.319 pessoas e no domingo, 14, 1.305. O centro de compras é o mais novo dos aproximadamente 50 locais de vacinação da campanha municipal de imunização contra a Covid-19 colocados à disposição do público pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, que acompanhou os trabalhos no Via Norte no último domingo, destacou que a diversificação dos locais é uma das estratégias do município para facilitar o acesso das pessoas à vacina, principalmente das que estão em atraso com a segunda dose. “Ainda temos mais de 360 mil pessoas que não voltaram aos postos, para completar seu esquema vacinal, por isso, além de aumentar a quantidade de unidades de saúde por bairros e distritos, estamos buscando novas alternativas de localização e horário, para atender os que ainda não foram se vacinar”, ressaltou.

Outro ponto que acaba de ser incluído na campanha é o shopping Millennium, na zona Centro-Sul. No local, o atendimento ao público começa nesta terça-feira, 16, quando outros pontos, como os estratégicos de grande fluxo, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a feira da Manaus Moderna também voltam a vacinar, após o feriado. No Millennium, o atendimento seguirá de segunda a sexta-feira, sempre das 10 às 18h, e nos demais, o horário será o tradicional, das 9h às 16h.

Shádia Fraxe informa que o próximo espaço a oferecer vacina é o shopping São José, na zona Leste. A previsão é que a unidade comece a operar como ponto de vacinação no próximo sábado, 20. “Temos tido muita receptividade da administração desses shoppings e a prefeitura é grata a essas parcerias”, frisou, acrescentando que Manaus acaba de chegar aos 70% da população acima de 12 anos imunizada com duas doses e 90% já com a primeira dose. “Essas são marcas muito importantes e só foram possíveis pela colaboração de todos os parceiros e da população, que vem atendendo ao nosso chamado”.

Nesta segunda-feira, 15, o vacinômetro municipal (https://vacinometro.manaus.am.gov.br/view/), plataforma de registro oficial de informações sobre a vacinação contra a Covid em Manaus, indicava um total de 2.983.989 doses aplicadas, desde que a prefeitura abriu a campanha, em 19 de janeiro deste ano. “Estamos felizes com o resultado, mas ainda temos desafios a vencer, como os atrasos para a segunda dose e as 177 mil pessoas que ainda não foram tomar a primeira dose”, observou a secretária. Segundo ela, será difícil alcançar 100% de adesão da população por questões religiosas ou ideológicas, mas o objetivo da Prefeitura de Manaus é chegar, o máximo possível, além da meta de 90% preconizada pelo Ministério da Saúde.

Até a próxima quarta-feira, 17, a vacina será oferecida em 51 locais de atendimento e na quinta e na sexta-feira, em 57, incluindo pontos estratégicos como sambódromo, Studio 5 e Sesi, unidades da rede básica de saúde, shoppings e em locais alternativos como a Manaus Moderna, no centro de Manaus. Para consultar a lista completa dos locais, com endereços e horários de funcionamento, o usuário pode acessar o link http://bit.ly/localvacinacovid19 ou as redes sociais da Semsa (@semsamanaus no instagram e Semsa Manaus no facebook). Em todos os locais de vacinação, serão oferecidos os três tipos de dose (D1, D2 e D3).

A secretária também orienta que as pessoas já vacinadas com a primeira dose verifiquem no Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br), no item “Consultar minhas doses”, se já estão no prazo para receber a segunda dose, que é de 21 dias para a Pfizer, de 28 para a CoronaVac e de 56 para a AstraZeneca. Esses intervalos foram reduzidos recentemente por orientação do Programa Nacional de Imunizações e é possível que a carteira de vacinação indique uma data diferente, baseada nos intervalos anteriores.

Já os que vão receber a dose de reforço devem ficar atentos à data em completaram o esquema vacinal, ou seja, o dia em que tomaram a segunda dose de um dos três imunizantes, que exigem duas doses (Pfizer, CoronaVac e AstraZeneca) ou a dose única da fabricante Janssen. Para pessoas acima de 50 anos e trabalhadores da saúde, o intervalo é de cinco meses, e para os imunossuprimidos, de 28 dias.

Texto – Andréa Arruda / Semsa

Fotos – Camila Batista / Semsa

Publicações relacionadas

“Concordo com Bolsonaro”, diz coronel Menezes sobre decisão do presidente de não apoiar candidaturas

Redação

MPF pede alteração em contrato de gestão do Hospital Delphina Aziz

Redação

PL de Roberto Cidade garante troca gratuita de hidrômetro furtado

Redação