Amazonas Destaques Manaus

Prefeito visita obra do terminal 1 e destaca avanço do pacote de mobilidade urbana de Manaus

Com um mês de trabalho, a obra de reconstrução do Terminal 1, na avenida Constantino Nery, segue em ritmo acelerado e já ultrapassa os 10% de execução. Nesta sexta-feira, 18/9, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, visitou o local para acompanhar a evolução dos trabalhos, que já cumpriu a fase de demolição e remoção da antiga estrutura e iniciou a etapa de implantação dos blocos de fundação para sustentar os pilares da nova plataforma.

“Precisávamos dar para a cidade um espaço diferente, que representasse beleza para o turismo, para nossa vida e para o cotidiano. Nós estamos refazendo o terminal 1, tornando uma estação muito moderna, com duas plataformas, sendo uma Norte/Leste e outra em direção à zona Sul, com pista de concreto. Para mim, é uma honra poder dizer que a nossa garra, principalmente a das pessoas que aqui estão trabalhando, pessoas que acreditam em Manaus, vai transformar essa obra em realidade antes do final de dezembro”, ressaltou o prefeito Arthur Neto.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Kelton Aguiar, que acompanhou o prefeito na vistoria, os trabalhos seguem em três turnos e se estendem aos finais de semana. O ritmo garante um bom andamento da obra, que deve ficar pronta em dezembro, a exemplo de outras obras de mobilidade em andamento na cidade.

“Neste momento, a obra do terminal 1 encontra-se na etapa de infraestrutura, com blocos de fundações. Cada buraco que estamos fazendo são as sapatas, que vão sustentar toda a estrutura das plataformas. Depois dessa etapa, vamos começar a erguer a superestrutura, para poder entrar na plataforma em si. Então, com menos de 30 dias de trabalho, alcançamos um pouco mais de 10% da obra. Como determina o prefeito Arthur, aqui o trabalho não para e seguimos dentro do cronograma”, destacou o secretário.

Modernização na mobilidade urbana

Além da obra do T1, a Prefeitura de Manaus segue em andamento com as obras do Terminal 6, no Lago Azul, do complexo viário professora Isabel Victoria, no Manoa, e das estações de transferência de passageiros (as estações Arena, na Constantino Nery; Santos Dumond, na Torquato Tapajós e Parque das Nações, na Max Teixeira). As obras deste pacote de mobilidade estão com seus cronogramas ajustados para ficarem prontos em novembro, para serem entregues à população a partir da segunda quinzena.

“As diversas obras que estamos realizando, os terminais e estações de transferência, além da chegada de 300 novos ônibus, tudo isso vai facilitar na mobilidade urbana da cidade. O nosso anel viário Ministro Roberto Campos é a maior obra que tem em Manaus, o complexo do Manoa está bem avançado, já com 85% pronto. Nós temos obras que vão ser um legado muito grande, todas juntas fazem o conjunto de um grande legado”, enumerou o prefeito.

O prefeito Arthur ressaltou ainda que entregar o novo terminal 1 vai ser a realização de um sonho. “Essa obra do T1 tem um sabor especial, eu tinha vontade de ver isso aqui desde 2 janeiro de 2013. No meu segundo dia de governo, já sabia que o T1 precisava de uma destinação diferente, que agora vai virar realidade, para minha alegria e para prosperidade da nossa cidade”, finalizou Arthur.

Texto – João Pedro Figueiredo / Semcom

Fotos – Alex Pazuello / Semcom

Publicações relacionadas

*OLHA A MARMOTA* Depois da loja de vinhos, lavanderia vai fornecer avental cirúrgico para Governo Wilson Lima

Redação

Projeto de Lei que pretende convocar policiais da reserva no AM aguarda novo parecer em comissão na Assembleia

Redação

Ouvidoria do TCE lança Carta de Serviços em formato digital

Redação

Deixe uma resposta