Amazonas Destaques Manaus

Prefeito decreta luto oficial pela morte de professor da rede municipal

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, lamentam profundamente a morte do gestor escolar e professor Antonio Genivaldo Lira Lacerda, 47, que em abril deste ano faria 12 anos como servidor efetivo da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Pelo seu falecimento, a Prefeitura de Manaus decreta luto oficial de três dias no município.

“Recebemos com profunda tristeza, minha esposa Elisabeth Valeiko Ribeiro e eu, essa notícia trágica e que nos consterna demais, por ser ele um cidadão cumpridor de seus deveres e um educador dedicado que realizou um trabalho de referência na escola em que atuou, ajudando nossa educação a dar um salto no Ideb e recebendo reconhecimento como servidor destaque em sua área de atuação”, lamentou o prefeito.

Genivaldo, que iria completar 48 anos no próximo dia 8 de fevereiro, era diretor da escola municipal Profª. Francisca Pereira de Araújo, localizada na rua Padre Monteiro de Noronha, Flores, zona Centro-Sul de Manaus, desde 2012.

“Não temos palavras para expressar tamanha perda. Um profissional que vinha fazendo a diferença na educação municipal de Manaus. Arthur e eu, toda a comunidade escolar, na verdade, estamos muito tristes com o falecimento do professor Genivaldo, que parte, mas deixa um importante legado”, disse a primeira-dama.


Quando Genivaldo assumiu a gestão da Francisca Pereira, a escola tinha nota de 4,3 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Devido ao valoroso trabalho desenvolvido com toda equipe escolar, a unidade deu um salto significativo e alcançou o primeiro lugar, nos Anos Finais, no último Ideb, com o índice de 6,5. Ao longo desses anos, tanto o professor Genivaldo quanto a escola, ganharam diversas premiações em reconhecimento aos resultados alcançados.

Servidor efetivo da Semed, Genivaldo era formado em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília (UCB), pós-graduado em Didática do Ensino Superior pela Faculdade de Educação da Serra (Fase) e era aluno do curso de mestrado de Ciência da Comunicação, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

A secretária da Semed, Kátia Schweickardt, ressaltou que Manaus perde um líder e respeitado educador. “O Genivaldo, junto com toda a equipe, realizava um trabalho de referência na Francisca Pereira. Sempre digo que a gestão qualificada faz toda a diferença e ele fez e vai continuar fazendo. A educação está em luto”, comentou.

O velório do professor Genivaldo será na escola municipal Profª Francisca Pereira, a partir das 13h. O sepultamento será no Cemitério Recanto da Paz, às 16h.

Fotos – Divulgação / Semed 

Publicações relacionadas

Em coletiva, Daniela Assayag confirma que participou de reunião na Susam

Redação

Senadora alerta sobre novo golpe do Parlamento

Redação

REALME X3 SUPERZOOM CHEGA COM TELA DE 120HZ E ZOOM DE ATÉ 60 VEZES

Redação

Deixe uma resposta