Amazonas Destaques Manaus

Prefeito David Almeida consolida rede de proteção social com lançamento do ‘Auxílio Manauara’

Como ato de ampliação à assistência à população de Manaus durante a pandemia da Covid-19, nesta quarta-feira, 10/2, o prefeito David Almeida realizou o lançamento oficial do programa social “Auxílio Manauara”. O benefício vai contemplar 40 mil famílias de baixa renda com R$ 2,4 mil, divididos em pagamentos de R$ 200 que serão realizados durante 12 meses.

O depósito, realizado pela Prefeitura de Manaus, das duas primeiras parcelas, injetarão mais de R$ 16 milhões na economia, somente no mês março e no total do programa, quase R$ 100 milhões.

“Com a implementação do Auxílio Manauara, vamos dar dignidade, vamos diminuir o sofrimento de pelo menos 40 mil famílias nesta cidade. O dinheiro é do povo e é para o povo que deve retornar. Justiça social com distribuição de renda, esse é o nosso compromisso para  diminuir o sofrimento da população”, disse David Almeida.

A primeira parcela do benefício será paga no dia 5 de março, por meio de conta social digital da Caixa Econômica Federal. A segunda parcela do Auxílio Manauara será paga no dia 31 de março. A partir da terceira parcela, o pagamento será sempre no último dia útil de cada mês.

David Almeida explicou que o benefício faz parte da rede proteção social implementada pela prefeitura como forma de ajudar a população durante a pandemia do novo coronavírus. Ele lembrou que o Auxílio Manauara era um dos seus compromissos de campanha e que o seu lançamento foi antecipado em quase seis meses, devido ao agravamento da crise econômica provocada pela segunda onda de casos da Covid-19 no Estado.

Público-alvo

O Auxílio Manauara é destinado a dois públicos: famílias beneficiárias do programa Bolsa Família, com crianças até 36 meses de idade (3 anos completos) e se for família unipessoal, ou seja, formada por um só indivíduo, é destinado à pessoa idosa acima de 60 anos; trabalhador informal, a partir dos 18 anos, com crianças até 36 meses de idade ou família unipessoal. Em ambos os casos, a família deve ter renda mensal de até R$ 178 por pessoa. Não é necessário estar inserido no Cadastro Único para realizar a inscrição.

“Nós vamos recuperar a autoestima de Manaus. O povo desta cidade vai voltar a sorrir. Vamos voltar a crescer. Essa cidade vai respirar novos ares, com novas perspectivas. Nós vamos dar a volta por cima. Esse povo é ordeiro, honrado, um povo decente que merece o que há de melhor dos seus administradores. E aqui, nós temos uma prefeitura comprometida com isso. Fazer mais com menos”, completou o prefeito.

Inscrição

As inscrições para o programa social iniciam já nesta quarta-feira, 10/2. Os interessados devem baixar o aplicativo “Sasi”, e inserir os dados solicitados. Depois do cadastro concluído, abre o aplicativo de inscrição do Auxílio Manauara. Outra maneira de inscrição é pelo https://auxilio.manaus.am.gov.br/.

Está disponibilizado o Disque-Auxílio Manauara, para tirar dúvidas sobre o programa ou ajudar no cadastramento. Os contatos são, (92) 98842-3232 (WhatsApp) ou 98842-2932 e 98842-4777 (ligação). O serviço funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. As inscrições serão encerradas no dia 16 de fevereiro, às 23h59.

Após essa fase, será feito o cruzamento das informações em bancos de dados. A medida visa garantir que sejam selecionadas as famílias que mais precisam. De acordo com o cronograma da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), a partir de 1º de março, os inscritos devem acessar o aplicativo e verificar se receberam o alerta de cadastro aprovado.

A relação dos beneficiários aprovados também estará disponível no site auxilio.manaus.am.gov.br e no Portal da Transparência, no site da prefeitura.

Texto – Thiago Fernando / Semcom

Foto – Dhyeizo Lemos / Semcom

Publicações relacionadas

O governo do Amazonas à beira do abismo

Redação

Manaus adota estratégia de drive-thru para vacinar idosos contra Influenza

Redação

Shopping de Manaus anuncia estreia de cinema drive-in

Redação

Deixe uma resposta