Destaques Educação

POSSIBILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DO CURSO DE DIREITO DA FAMETRO EM ITACOATIARA ANIMA FUTUROS ALUNOS

Enfim, uma notícia boa na navegação nas plataformas digitais: a FAMETRO, uma instituição de ensino de grande valor no ensino universitário do Amazonas, pensa, de forma forte, implantar em breve, o curso de direito em Itacoatiara, se tudo correr favorável ao projeto. Não resta dúvida de que se trata de uma notícia animadora, para os jovens que têm vocação para a profissão de advogado ou outros cargos de carreiras jurídicas. Não só os jovens, mas também pessoas de idade madura, que moram em Itacoatiara, e já tendo uma atividade profissional, pretendem fazer uma experiência na advocacia, após concluírem o curso de direito e se habilitarem na OAB para exercerem a profissão. Na nossa cidade, que tem mais de 100 mil habitantes, têm pretendentes ao curso de direito, em quantidade para preencherem algumas salas. Sem desmerecer outros cursos, o curso de direito é muito sedutor para uma expressiva quantidade de jovens, na hora de optarem por um curso superior. Na verdade, o curso de direito é escolhido por pessoas de diversas faixas etárias.

Nos trinta anos em que fui professor na faculdade de direito da UFAM, tive alunos de todas as idades, e até um de 70 anos, por sinal, o melhor aluno na matéria da minha docência. À época, eu tinha 35 anos de idade e tinha em sala de aula um aluno de 70 anos, que era assíduo, prestava atenção às aulas e anotava todos os conteúdos transmitidos à turma. Pela experiência que tenho como professor de direito, penso que a FAMETRO terá uma grande procura de interessados no curso de direito na nossa cidade. Esta instituição de ensino foi bem recebida em Itacoatiara, com os cursos que oferece à sociedade. E contando aqui com o professor Andrews, como consultor comercial, não poderia ter melhor funcionário, que apesar de jovem, trabalha com responsabilidade, dedicação ao trabalho, seriedade e competência. Se eu estivesse falando de futebol, diria que, ao implantar o curso de direito e oferecê-lo como mais uma opção dos cursos disponíveis na sua unidade de ensino em Itacoatiara, a FAMETRO estará fazendo um “gol de placa”, na sua atuação de oferta de ensino universitário na nossa Velha Serpa. Vamos aguardar para vermos a nossa terra crescer, com mais um curso superior, somando-se à UFAM e à UEA, na meritória missão de contribuir com o poder público na elevação do nível de qualificação do nosso povo pela via do ensino universitário. Não se terá jamais desenvolvimento científico, cultural e profissional de um povo, sem que não se lhe ofereça a educação em todos os níveis de conhecimento.

E a FAMETRO está na direção certa, caminhando a passos largos para levar os destinatários dos seus cursos a alcançarem melhores horizontes de saberes e avanços civilizatórios. E como estou tratando de direito, concluo este texto, com o pensamento do grande jurista alemão R. von Ihering, que afirmou: “o direito não é uma idéia lógica, porém uma idéia de força; é a razão porque a justiça, que sustenta em uma das mãos a balança em que pesa o direito, empunha na outra a espada que serve para fazê-lo valer. A espada sem a balança é a força bruta, a balança sem a espada é o direito impotente; completam-me mutuamente; e, na realidade, o direito só reina quando a força despendida pela justiça para empunhar a espada corresponde à habilidade que emprega em manejar a balança”. Aqui concluo estas singelas linhas, pedindo e torcendo para que a nossa cidade venha ser beneficiada com o curso de direito da respeitável e valorosa instituição de ensino, FAMETRO.

Por: Raimundo Silva
1-Desembargador federal do trabalho, aposentado
2 – Professor da faculdade de Direito da UFAM, aposentado
3 – Mestre em direito, pela Universidade Federal de Pernambuco
4 – Pós-graduação LATO SENSU, em Direito privado
5 – Antes e depois de exercer a magistratura, praticou uma longa atividade de advogado

Publicações relacionadas

‘Adote Manaus 2020’ vai revitalizar mais de dez espaços públicos

Redação

‘Obra magnífica’, diz prefeito ao vistoriar os trabalhos finais do complexo viário do Manoa

Redação

Desembargador faz exame em clínica, mas já está em casa

Redação

Deixe uma resposta