Amazonas Destaques Manaus

Pontos fixos de imunização em Manaus receberam vistoria de comissão fiscalizadora neste sábado, 27/2

Como forma de assegurar a devida observância ao processo de vacinação contra a Covid-19 na capital, a Comissão de Apuração e Fiscalização do Plano de Imunização da Prefeitura de Manaus realizou vistoria em pontos fixos de vacinação montados nas zonas Norte e Sul da cidade neste sábado, 27/2.

O trajeto da ação iniciou no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, zona Sul, de onde seguiu para o Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, no bairro Cidade Nova,  depois para o Complexo de Treinamento de Direção Veicular do Detran – AM, ambos na zona Norte.

Conforme o membro da comissão, o titular da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), Ebenezer Bezerra, que coordenou a vistoria, foi constatada a plena execução dos procedimentos referentes ao plano de imunização, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), além da obediência às determinações dos órgãos de controle.

“É de extrema importância a realização da vistoria para garantir a lisura desse procedimento e, consequentemente, ampliar a transparência na vacinação, que é o grande interesse da população atualmente. Na semana que vem, vamos acompanhar a nova etapa do plano a ser iniciada pela prefeitura, observando a fidelidade ao cumprimento da lei”, ressaltou Ebenezer Bezerra.

O estrito acompanhamento realizado pela comissão já soma 16 vistorias, entre ações de iniciativa da própria banca e apuração de denúncias, a partir de notificações de entidades controladoras. As ações de acompanhamento em campo ocorrem semanalmente e são intensificadas aos finais de semana.

Instituída pelo Decreto nº 5.015, de 26 de janeiro, a comissão fiscalizadora é uma das medidas adotadas pelo prefeito David Almeida para garantir transparência ao plano de vacinação contra a Covid-19. Os membros da bancada têm o papel de realizar a auditoria das listas de vacinação elaboradas pelas unidades de saúde, órgãos ou entidades vinculadas, além de apurar quaisquer denúncias do não cumprimento das regras de prioridades e das fases de vacinação.

– – –

Texto – Adrisa de Góes / Semad

Fotos – Marcely Gomes / Semcom

Publicações relacionadas

Josué propõe programa de nutrição para aumentar imunidade de famílias de baixa renda

Redação

Lei Geral de Proteção de Dados é adiada para maio de 2021

Redação

‘Sistema de saúde em Manaus já colapsou’, diz prefeito Arthur Virgílio em entrevista à CNN

Redação

Deixe uma resposta