Cotidiano Polícial

Polícia informa que não houve pedido de novo inquérito sobre morte de servidora do TRT-AM

MANAUS – Até sábado (4), a defesa de Caio Claudino de Souza, de 25 anos, preso pelo homicídio de Silvanilde Ferreira Veiga, de 58 anos, não havia solicitado novo interrogatório, informa a Polícia Civil em nota.

Silvanilde era servidora do TRT11 (Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região). Ela foi morta a golpes de faca.

Na nota a Polícia Civil esclarece que “a confissão é apenas um dos elementos corroborativos que levaram Caio a ser apontado como autor desse crime”. Caio Claudino está preso preventivamente desde o dia 31 de maio.

Confira a nota na íntegra.

Nota da PC-AM sobre inquérito de Caio Claudino

Publicações relacionadas

Estudo indica que covid-19 mata mais homens que mulheres

Redação

URGENTE – Prefeito “Sabugo” (PT) de Urucutiba/AM é preso em operação do GAECO realizada nesta quarta-feira (28)

marceadmin

PASSAGEIROS FICAM FERIDOS APÓS ÔNIBUS COLIDIR CONTRA POSTE EM MANAUS

Redação

Deixe um comentário