Manaus Destaques Polícial

Polícia Civil prende mais três indivíduos envolvidos no latrocínio de sargento reformado da PM

Ao longo da tarde desta segunda-feira (23/12), policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), em ação conjunta com policiais militares da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) e da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), prenderam três pessoas em cumprimento de mandados de prisão preventiva pelo envolvimento no latrocínio que teve como vítima o sargento da Reserva da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Ronaldo Ferreira Correa Brito, que tinha 61 anos.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da especializada, foram presos por envolvimento no latrocínio: Christiano Silva dos Santos, 23, Wagner Nascimento de Oliveira Júnior, 25, e Wenceslau Rodrigues Filho, 61. Segundo o delegado, Cristiano compareceu na unidade policial, onde foi preso. Já Wagner foi preso no bairro da Paz, zona centro-oeste da capital, por policiais militares da Rocam, e Wenceslau foi preso na Feira Municipal do bairro Japiim, zona sul da capital, onde ocorreu o crime, por uma guarnição da 3ª Cicom.

O crime – Aldeney Goes explicou que o crime ocorreu na manhã da última quinta-feira (19/12), nas dependências de uma feira municipal, situada no bairro Japiim. Outros quatro envolvidos na ação criminosa foram presos ao longo do último sábado (21/12) e manhã desta segunda (22/12), são eles: Alessandro Peres da Silva, 32; Charles da Silva Farias, 33; Dennis Neves dos Santos, 36, e Dane Marcio Gonçalves da Gama.

Conforme as investigações, a vítima estava trabalhando como segurança de um funcionário da Feira do Morrinho, quando foi alvejada por diversos disparos de arma de fogo, efetuados por integrantes do grupo criminoso.

Charles estava armado, realizando a cobertura da quadrilha. Além do dinheiro, a arma de fogo da vítima também foi roubada. Ao consumar o ato criminoso, o grupo fugiu em um veículo conduzido por Dennis, que é motorista de aplicativo de transporte urbano. Eles se esconderam na residência de Alessandro, onde foi repartido o dinheiro.

“Foi um crime premeditado, onde cada envolvido desempenhou uma função na execução do delito. Na ocasião da ação criminosa, a vítima trabalhava como segurança de um funcionário da Feira, quando foi alvejada por disparos de arma de fogo efetuado por dois membros do grupo criminoso, que empreenderam fuga do local levando cerca R$ 8,6 mil em espécie, além da arma da vítima”, explicou o titular da especializada.

Procedimentos – O trio foi indiciado por latrocínio. Após procedimentos na sede da Derfd, os infratores serão encaminhados para a audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, situado no bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

Denúncias – Com a prisão de sete infratores, três continuam foragidos, sendo Fernando Nalberto da Incarnação e Neury Costa de Alencar, e um indivíduo que ainda não foi identificado.

“Quem puder colaborar com informações sobre a identificação e localização dos suspeitos, entrar em contato por meio do número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o titular da especializada.

Publicações relacionadas

Prefeitura inicia nova etapa de campanha contra sarampo

Redação

Bebê que foi anestesiado e teve cirurgia adiada por falta de equipamento morre após procedimento em hospital no AM

Redação

Tribunal de Contas participa de reunião virtual para discutir mecanismos de colaboração na fiscalização da Educação

Redação

Deixe uma resposta