Amazonas Destaques Manaus

Planos de Saúde devem comprar e aplicar vacina contra o Covid-19 nos trabalhadores do PIM

A Central Única dos Trabalhadores (CUT-AM), lançou a ideia e os principais sindicatos patronais do Polo Industrial de Manaus (PIM) aceitou como boa a proposta de vacinação em massa dos trabalhadores das linhas de montagem, contra o coronavírus (Covid-19), feitas nas enfermarias das próprias empresas, através dos planos de saúde.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos e da CUT, Valdemir Santana, acentua que uma vacinação em massa no Polo Industrial de Manaus imunizaria em média de 380 mil a 400 mil pessoas entre trabalhadores diretos e indiretos e seus familiares.

“As empresas que oferecem plano de saúde aos seus funcionários, devem sim, garantir a vacinação pelo plano privado”, destaca Santana.

Valdemir Santana, presidente da CUT-AM e do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas.

Para o presidente dos Metalúrgicos, não existe nada que impeça os planos de saúde comprar a vacina e ministrar ela aos trabalhadores. Porque, de acordo com ele, o maior contingente populacional de Manaus concentra-se na área do Distrito Industrial e dentro das empresas.

Dai concordar em também, que a lei que decretou o lockdown por 15 dias no Estado, para os serviços não essenciais, também sirva para as fábricas do PIM. “É um direito a todos não ficarem doentes”, disse.

A ideia de compra e aplicação da vacina pelos planos privados foi aceita pelos presidentes dos sindicatos patronais. Eles, evidente, não querem que as fábricas parem pela alta contaminação do coronavírus (Covid-19) no Estado, na atualidade.

Publicações relacionadas

Jornalista faz um resumo do caos de suspeitas de corrupção que se encontra a gestão de Helder Barbalho

Redação

BUSCA DO YOUTUBE AGORA TAMBÉM MOSTRA RESULTADOS DO GOOGLE

Redação

Governo vai recuperar mais dois ramais no Careiro

Redação

Deixe uma resposta