Amazonas

Plano de vacinação é colocado em xeque: Furando fila?

Denuncias de privilégios ameaçam a credibilidade da vacinação no Amazonas

Juíza federal faz apelo para que não furem a fila e pede que pessoas denunciem irregularidades

Postagens nas redes sociais na noite desta terça-feira (19), em Manaus, estão colocando em xeque a credibilidade do plano de vacinação em Manaus e no interior. Duas pessoas da família Lins postaram fotos comemorando a imunização e, logo em seguida, muitos questionaram o ato, o que levou as duas a outra postagem com o seguinte texto: “Que Deus proteja os anjos da linha de frente do Covid! Temos que enfrentar a inveja e ódio do ser humano”.

Os critérios utilizados para definir que tem direito à vacina não estão claros e geram mais especulações de que pessoas influentes da sociedade estão sendo privilegiadas e furando a fila de vacinação.

Sobre uma das jovens envolvidas na polêmica, um decreto da Prefeitura de Manaus, do dia 18 de janeiro de 2021, oficializa a nomeação de Gabrielle Kirk Maddy Lins na função de Gerente de Projeto (DD4) na Secretaria Municipal de Saúde. Mas, até o momento, nada foi provado de que ela faz parte do grupo da linha de frente de combate à COVID, o que lhe daria direito a ser vacinada.

Diante da polêmica, o Governo do Estado distribuiu nota afirmando não ser responsável pela vacinação de qualquer pessoa. “Coube ao Estado apenas distribuir as vacinas para as prefeituras”, diz a nota do Governo.
Por sua vez, os prefeitos reclamaram da pouca quantidade de doses recebidas. As dúvidas são muitas e precisam ser esclarecidas sob pena de todo o plano de vacinação cair em total descrédito.

Nesta noite de terça-feira, a juíza federal Maria Fraxe, postou no twitter o seguinte texto: Faço um apelo:Não furem a fila da vacina. Não deixem ninguém furar. Denunciem às autoridades federais competentes para as providências cabíveis. O povo do Amazonas não merece isso. Estamos lutando pelo direito constitucional à vida digna. Não sabotemos uns aos outros”.

fonte: Portal Único

Publicações relacionadas

TSE rejeita pedido de cassação da chapa Bolsonaro e Mourão por unanimidade

Redação

Policiais militares são mortos em tiroteio no Rio Abacaxi, em Nova Olinda do Norte

Redação

Transação milionária entre empresas do Amazonas promete revolucionar as ações de desenvolvimento sustentável na região

Redação

Deixe uma resposta