Amazonas Manaus Polícial

PC-AM deflagra ações significativas e prende 48 indivíduos e apreende quatro adolescentes

Balanço da última semana soma ações de combate à criminalidade que ocorreram na capital e no interior do Amazonas

As equipes da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) prenderam, ao longo da semana, 48 indivíduos por diversos crimes e apreendeu quatro adolescentes por atos infracionais. As ações ocorreram na capital e no interior do Amazonas, para reforçar o combate à criminalidade.

Entre os crimes praticados estão estupro de vulnerável, homicídio, violência doméstica, tráfico de drogas, furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculos, roubo e outros.

Algumas ações da semana

A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) prendeu em flagrante, na quarta-feira (08/06), três homens de 31, 43 e 56 anos, por fraude envolvendo contadores de energia. O trio instalava um dispositivo eletrônico no equipamento para que a energia fosse consumida sem ser contada.

As equipes da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM) centro-sul, prenderam, também na quarta-feira, um homem de 32 anos, por violência doméstica praticada contra sua companheira, de 27 anos. O infrator jogou água quente nas costas da vítima, no dia 28 de maio deste ano, por volta das 22h, no bairro São José Operário, zona leste de Manaus.

Equipes da 79ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Anori (a 195 quilômetros de Manaus), com apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), prendeu, ainda na quarta-feira, seis indivíduos pela prática de crimes como homicídio tentado, homicídio, tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e munição de uso permitido e restrito.

Durante a ação policial, foram apreendidas drogas, armamento, cartões, munições e celulares.

Publicações relacionadas

DJ Ivis é preso em Fortaleza por agressão contra a ex-mulher

Redação

Pleno do TCE-AM julgará 38 processos nesta terça-feira (28)

Redação

CNN Grobo Brasil muda o foco e acaba levando uma esculhambação da mito Regina Duarte

Redação

Deixe um comentário