Amazonas Destaques Manaus

Para reduzir número de contaminados, prefeito anuncia decreto que determina uso de máscaras em Manaus

O prefeito de Manaus anunciou, no fim da noite desta terça-feira (14), que assinou um decreto que determina que as pessoas usem máscaras de proteção ao sair de casa na capital amazonense, para evitar a propagação do novo coronavírus. O Amazonas tem, até a manhã desta quarta-feira (15), mais de 1,4 mil casos de Covid-19, com 90 mortes registradas.

Ao anunciar a medida, Arthur Virgílio reforça o pedido para que a populão só vá às ruas em casos necessários. “Os desafios são grandes e, para que também possamos reduzir o número de pessoas acometidas pela Covid-19”, diz post.

“Assinei um decreto determinando que todas as pessoas, que saiam da sua casa, quando tiverem que sair, saiam de máscara. E lavem as mãos antess de sair. Cuidado com as roupas. Vamos evitar a infecção. Esse inimigo é perigoso”, diz o prefeito em vídeo postado nas redes sociais.

Em breve anúncio, Arthur Virgílio comenta sobre o novo hospital de campanha estruturado pela prefeitura de Manaus e afirma que as instalações já receberam, em um único dia, 10 pacientes transferidos de outras unidades para a UTI inaugurada às pressas para atender casos da Covid-19.

“Chegamos a dez pessoas internadas no nosso Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes, inclusive um senhor de 87 anos em estado muito grave, mas que faremos de tudo para recuperar sua saúde. (…) Somente com a ajuda de todos venceremos essa batalha contra o novo coronavírus”, complementa Arthur.

Publicações relacionadas

Assembleia Legislativa do Amazonas adota medidas preventivas contra o novo coronavírus

Redação

CORONA JATO: PF FAZ OPERAÇÃO QUE MIRA DESVIO DE VERBAS DA COVID-19

Redação

Colapso na saúde do Amazonas é exposto mais uma vez no Jornal Nacional

Redação

Deixe uma resposta