Amazonas Destaques Manaus

Pai é preso em abrigo suspeito de estuprar e engravidar filha de 12 anos em Manaus

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira (7) suspeito de estuprar e engravidar a filha, de 12 anos, em Manaus. A prisão ocorreu em um abrigo para indígenas venezuelanos. A vítima estava com cerca de 20 semanas de gestação quando realizou o aborto previsto em lei. 

Segundo a polícia, em março deste ano, uma funcionária do abrigo e a adolescente de 12 anos buscaram a Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente. 

Para a funcionária, a adolescente afirmou que o pai a estuprou cerca de cinco vezes dentro do abrigo em meados de outubro de 2020. A menina disse que a madrasta estaria viajando quando ela foi abusada – informação que consta realmente em um livro de ata do abrigo. A vítima contou que o pai a ameaçou de morte caso ela contasse sobre os abusos. 

A menina, ao ouvir o nome do pai, sempre ficava assustada. A equipe do abrigo disse que não tem certeza se o homem é realmente o pai biológico da adolescente, pois, quando a família chegou ao Amazonas, o suspeito foi até a sede da Polícia Federal e se apresentou como pai da vítima sem nenhuma documentação. 

Ao saber da gestação da filha e que ela estava hospitalizada, o homem não deu importância ou demonstrou qualquer preocupação com a adolescente. 

O homem foi preso na manhã desta quarta-feira em cumprimento de mandado de prisão dentro do abrigo pela Polícia Civil e levado para a sede da DEPCA. A menina foi encaminhada para abrigo no Serviço de Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes (Saica).

Publicações relacionadas

Dos 62 prefeitos do AM, Anderson Sousa é o primeiro a prestar contas ao TCE

Redação

Josué propõe programa de nutrição para aumentar imunidade de famílias de baixa renda

Redação

Eduardo Pazuello será efetivado como ministro da Saúde

Redação

Deixe uma resposta