Brasil Destaques

Padre confessa sexo com noivo antes de celebrar casamento: “Não foi só uma vez”

Pároco contou para a esposa traída que foi um momento de fraqueza; marido confirmou o relacionamento com o sacerdote, “aconteceu várias vezes, durante mais de um ano”

Uma história envolvendo um padre da Paróquia Nossa Senhora da Candelária, em Natal, no Rio Grande do Norte, viralizou nas redes sociais. Uma mulher divulgou um áudio (escute abaixo) onde o pároco revela que transou com o marido dela poucos dias antes de celebrar o casamento. O sacerdote até tentou se justificar, alegando um momento de fraqueza, porém, de imediato, nesta sexta-feira (3), a Arquidiocese de Natal decidiu pelo afastamento do padre.

A gravação revelada pela mulher traída indica que o marido e o padre tiveram uma relação sexual 12 dias antes do sacerdote celebrar o matrimônio. Para piorar a situação, os homens confirmam que o ato aconteceu em diversas oportunidades. “Aconteceu várias vezes, durante mais de um ano. De fato teve muito tempo que não aconteceu nada”, declarou o marido da mulher.

“Eu já tinha me confessado, já tinha pedido perdão e prometido que não teria mais […] Não Foi uma vez só, foram umas duas ou três […] Eu tenho mais carinho por vocês, será que não temos o direito de nos converter”,revelou o padre.

Áudio revela sexo com padre

De acordo com informações da mulher, o envolvimento entre o padre e seu marido aconteceu entre 2010 e 2012. A moça, que sonhava em subir ao altar, descobriu que 12 dias antes do matrimônio, o padre escolhido para a celebração do Sacramento transou com seu futuro companheiro.

Sem saber, a mulher subiu ao altar e disse sim, diante dos dois homens suspeitos de cometerem a traição. Já casada, a moça descobriu o relacionamento entre eles e gravou uma conversa reveladora.

Padre afastado

Após o caso do padre da Candelária viralizar nas redes sociais, a Arquidiocese de Natal decidiu pelo afastamento do pároco. Confira a nota na íntegra:

“Tendo tomado conhecimento dos fatos que vieram à tona envolvendo o Pe. (nome oculto), o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, determinou o afastamento do referido sacerdote de todas as suas funções ministeriais exercidas na Arquidiocese de Natal, a fim de que possam ser apurados os fatos e tomadas as devidas providências. Também determinou que fosse aberta uma investigação prévia, conforme prescreve o Direito Canônico, para que sejam averiguadas as possíveis responsabilidades.

Rogamos ao Bom Deus que tudo seja esclarecido e, para o bem do povo de Deus, possa reinar a paz nos corações.”

O RIC Mais entrou em contato com o padre, mas até o momento não obteve retorno.

Publicações relacionadas

Kate Moss testemunha a favor de Johnny Depp “nunca me agrediu”

Redação

TCE multa ex-secretários da Seap em R$ 10 mil

Redação

1° caso suspeito de CORONAVIRUS em itacoatiara

Redação

Deixe um comentário