Amazonas Destaques Manaus

Ouvidorias do TCE-AM e da Câmara Municipal de Manaus assinam termo de cooperação


As Ouvidorias do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) e da Câmara Municipal de Manaus (CMM) assinaram, na manhã desta segunda-feira (22), um Termo de Cooperação para os próximos 12 meses, que prevê a troca de experiências nos serviços de Ouvidoria e integração de ações conjuntas entre o TCE-AM e a CMM.

Assinaram o termo, na sede do TCE-AM, os presidentes do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, e da CMM, vereador David Reis, e os ouvidores dos dois órgãos, conselheiro Érico Desterro, e vereador Amom Mandel.

Ao falar sobre a parceria, o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, destacou o esforço da Ouvidoria em manter um trabalho de qualidade não somente na Corte e, também, colaborar para que outras Ouvidorias no estado façam o mesmo.

“Este Tribunal, como sempre, com toda a visão e propósito de ajudar o cidadão, vem desempenhando um papel excepcional por meio da Ouvidoria. Hoje ela é referência para todo o Brasil e não iremos poupar esforços para que isso espalhe nos demais órgãos do Amazonas”, afirmou o presidente Mario de Mello.

Já o presidente da CMM, vereador David Reis, relatou a importância dos órgãos integrarem estes trabalhos para o crescimento da Câmara no atendimento à população.

“Precisamos dar voz ao povo de Manaus e a Ouvidoria do TCE-AM se propôs a dispor das tecnologias e expertises para cooperar com a CMM. A partir de hoje, a CMM estará muito mais presente na população da cidade”, destacou o vereador David Reis.

Objetivos do Termo de Cooperação

O acordo irá beneficiar a integração das ações das ouvidorias, na troca de dados, informações, sistemas utilizados e procedimentos de trabalhos relativos às atividades de ouvidoria. É previsto que sejam realizados projetos, programas, seminários e eventos que possam contribuir para a capacitação dos servidores de ambos os órgãos.

O termo de cooperação tem previsão inicial de durar 12 meses, podendo ser prorrogado caso as partes estejam sendo beneficiadas. O acordo não irá implicar em gasto de recursos pelas partes envolvidas.

De acordo com o ouvidor-geral do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, a ideia é ampliar esses acordos para demais órgãos do Estado, visando ampliar o conjunto de ouvidorias no Amazonas.

“Talvez seja uma primeira experiência com as Câmaras Municipais no Amazonas. A Ouvidoria do TCE está muito bem estruturada, é um exemplo para o país. Por isso estamos trocando experiências e ideias. Neste caso, estamos começando com a CMM, para que tenha também uma ouvidoria atuante, efetiva e eficiente, mas esperamos que os demais órgãos também possam se beneficiar da nossa experiência”, disse o ouvidor-geral, conselheiro Érico Desterro.

O ouvidor da CMM, vereador Amom Mandel, agradeceu a parceria com a Corte de Contas, e afirmou que a experiência do TCE-AM irá aumentar a transparência na cidade de Manaus.

“É um passo gigante na ouvidoria da Câmara. Com essa parceria esperamos absorver toda experiência e conhecimento. Tudo que o TCE vem a oferecer para transformar a ouvidoria da CMM também em um exemplo. Ao ouvir a experiência do TCE-AM, esperamos aumentar a transparência no município”, relatou o ouvidor-geral da CMM, vereador Amom Mandel.

Publicações relacionadas

Flamengo perde nos pênaltis para o Racing e se despede da Libertadores

Redação

Governo anuncia chamamento de mais de 500 bombeiros militares para atuarem no sistema de saúde do AM

Redação

As obras do Centro de Cooperação da Cidade (CCC) seguem em ritmo acelerado.

Redação