Amazonas Destaques Educação

Os fantasmas das indicações

Contratações por métodos de indicação, sem muita atenção para as habilidades profissionais, experiências e formação acadêmica, podem ser perigosas para o colaborador e para a empresa, causando sérios prejuízos.

O Neuropsicopedagogo, filósofo e escritor, Andrews Castro, atuante no meio da educação profissional e com vasta experiência com jovens aprendizes e treinamentos profissionais, fala mais sobre isso.

Hoje, o mundo empresarial requer pessoas de alto nível de profissionalismo, e a procura por profissionais capacitados se torna cada vez maior, e encontrar esses profissionais, cada vez mais difícil.

No entanto, gestores de muitas empresas, muitas vezes optam por indicarem profissionais menos qualificados, o que pode trazer sérias consequências para o indicado, para o gestor e sobretudo para a empresa.

Muitas empresas deixam de faturar muito, tudo por conta de péssimas indicações, enquanto os mais qualificados e preparados ficam olhando e esperando a próxima oportunidade.

Isso tudo apenas no mundo empresarial, ou seja, nem estamos falando das indicações políticas, indicações que geram muito prejuízo, lentidão e péssimo atendimento nos órgãos públicos.

Portanto, ao se contratar um novo colaborador, é preciso que haja compromisso com o seu público, ética com os demais concorrentes e sobretudo cautela com o processo para que não gere riscos à saúde e imagem da empresa.

Fonte: Portal Agora Amazonas

Publicações relacionadas

Hospitais de Manaus registram menor taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 desde colapso no sistema

Redação

Acidente deixa um morto e três feridos na BR-174 em Presidente Figueiredo (AM)

Redação

TCE multa ex-secretários da Seap em R$ 10 mil

Redação