Destaques Mundo

Oque dá mais dinheiro a Apple além do iPhone?

Um crescimento de quase 40% previsto até 2025, essa é a estimativa do avanço de duas linhas de receita da Apple: games e música feita pelo JP Morgan. O relatório do banco aponta que as receitas com esses dois segmentos devem chegar a US$ 8,2 bilhões. Além disso, a base de assinantes combinada soma 180 milhões, 110 milhões em música e 70 em games.

Isso se dá pelo fato de que o Apple Music, lançado em 2015, é o segundo serviço de streaming do mundo ficando atrás apenas do Spotify e será responsável por US$ 7 bilhões até 2025. Já o Apple Arcade, plataforma de games criada em 2019, chegará a US$ 1,2 bilhão. Durante o balanço do primeiro trimestre, referente a março, a receita total do segmento dessas duas verticais foi de US$ 19,8 bilhões o que ainda inclui App Store e Apple TV+. A Apple, porém, não detalha os números.

Ainda de acordo com o JP Morgan, o mercado total de games deve ultrapassar US$ 360 bilhões até 2028 e o de música US$ 55 bi até 2025.

A divisão do iPhone segue sendo disparada a com maior volume de vendas para a Apple. No ano passado, a empresa liderou a venda de smartphones graças ao iPhone 13, deixando a Samsung em segundo lugar. Sozinha, de acordo com a Canalys, a empresa respondeu por 22% das remessas totais de celulares. Somente o iPhone atraiu mais de US$ 70 bilhões em receitas no ano de 2021 ante US$ 65,5 bilhões em 2020.

Via: Forbes Brasil

Publicações relacionadas

Após ouvir apelos de Eduardo sobre calamidade no AM diante da Covid-19, ministro da Saúde afirma que o Estado é prioridade absoluta

Redação

De forma pioneira, TCE-AM implantará programa de integridade e compliance

Redação

Wilson prorroga isolamento e ameaça empresários com multa de R$ 50 mil

Redação

Deixe um comentário