Amazonas Destaques Manaus

Onilza Gerth e Abraham Peixoto são os novos desembargadores do Amazonas

As vagas foram preenchidas por antiguidade e merecimento

Pela primeira vez o TJAM tem sete mulheres em sua composição

A juíza Onilza Abreu Gerth e o juiz Abraham Peixoto Campos Filho foram eleitos os dois novos desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), em escolha simples feita pelo pleno, na manhã desta terça-feira (11).
Gerth foi eleita pelo critério de antiguidade e disputou a vaga com outros quatro magistrados. Ela ocupa agora a vaga deixada pelo desembargador Sabino Marques, que se aposentou.


Pelo critério do merecimento, o escolhido foi Abraham Peixoto, que ocupa a vaga aberta pelo falecimento do desembargador Aristóteles Lima Thury, em fevereiro deste ano, por complicações da Covid-19.


Com a eleição de Onilza Gerth, pela primeira vez o Tribunal de Justiça do Amazonas tem sete mulheres em sua composição: Maria das Graças Figueiredo, Socorro Guedes, Carla Reis, Nelia Caminha, Joana Meireles e Vânia Marques.

Publicações relacionadas

Prefeitura de Manaus irá revitalizar área atingida por incêndio no Educandos

Redação

Adaf notifica convocados em concurso público para apresentar documentação

Redação

“Se ele defendesse nosso estado com o mesmo vigor que defendia sua propina, nosso estado estaria infinitamente melhor”, disse um fã para o Senador Omar Aziz, nas redes sociais, veja

Redação