Amazonas Destaques Manaus

Oficina de licenciamento ambiental reúne empresários do setor de entretenimento de Manaus

Prefeitura de Manaus realizou a 2ª oficina ambiental voltada aos proprietários de bares e restaurantes que utilizam equipamento sonoro. A iniciativa aconteceu na tarde desta quarta-feira, 23/2, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

A oficina contou com a participação do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), Ralph Assayag, do vereador William Alemão (Cidadania), do procurador-chefe da Procuradoria do Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Imobiliário de Manaus, Lucas Granjeiro Bonifácio, além de empresários e consultores do setor de entretenimento da cidade. 

O titular da Semmas, Antonio Stroski, avaliou positivamente a 2ª edição da oficina ambiental e disse que a recomendação do prefeito David Almeida é de que sempre haja esse diálogo com o setor de bares e restaurantes. 

“Avaliação muito positiva porque nós temos um diálogo estabelecido com o setor empresarial de bares e restaurantes da cidade de Manaus, onde a gente expõe de forma objetiva e transparente quais são os requisitos necessários para que os empreendedores possam ter a licença ambiental da Semmas. Nós também estabelecemos com isso, a oportunidade de ouvir deles, também, as demandas, as queixas. Então, a recomendação do prefeito David Almeida é de que tenhamos um diálogo, um entendimento, um alinhamento com esse setor e ao mesmo tempo, possamos ter um controle sobre a poluição sonora e com aqueles que estão agindo de forma irregular”, salientou.

O presidente da CDL, Ralph Assayag, parabenizou a equipe da Semmas pela iniciativa de fazer a oficina voltada ao setor de bares e restaurantes e disse que quanto mais desburocratizar, mais empresas vão se regularizar, e assim teremos uma sociedade mais saudável.

“Eu nunca tinha visto, durante esses anos todos, uma secretaria, principalmente, com a importância que tem a Semmas, de reunir, fazer uma oficina, mostrando o que é, discutindo o assunto, reduzindo a burocracia violentamente, conversando com todos os gestores de bares para que se possa cada vez mais ter a tranquilidade de que a secretaria não está para punir, tá para organizar, disciplinar e dentro dessa situação, está reduzindo ao máximo, os pedidos para que as empresas, os bares, restaurantes, as casas de entretenimento se regularizem”.

De acordo com o vereador William Alemão, o diálogo que acontece durante essas oficinas é muito importante tanto para a Secretaria de Meio Ambiente, quanto para os empresários do setor de bares e restaurantes. 

“É muito bom ver uma secretaria disponível para ouvir os anseios dos empresários. A situação em que estamos vivendo, entrando numa nova fase, esquecendo mais a Covid-19, as casas de shows voltaram a funcionar, os eventos já podem ter até mil pessoas, e a secretaria se disponibilizar a ouvir, a tentar chegar a um consenso sobre como fiscalizar, mostrar o melhor trabalho dos dois lados, e atendimento em relação ao licenciamento, que estava demorando muito. Com todos os meus anos de empresário nunca tinha visto nenhuma vez, e agora em menos de dois meses tivemos duas oficinas”, disse o vereador.


Requisitos

A diretora da Diretoria de Área de Controle Ambiental da Semmas, Aldenira Queiroz, foi a responsável em detalhar os requisitos de como os participantes devem fazer para dar entrada no licenciamento ambiental no órgão. Uma equipe ficou à disposição, durante a oficina, para orientar quem estava no encontro.

Semmas Mais

A ação faz parte da programação da “Semmas Mais”, que foi retomada e tem o objetivo de ampliar o acesso aos conteúdos das oficinas e formações ambientais ao longo do ano. De acordo com o órgão, as próximas oficinas serão voltadas aos empresários e consultores que atuam em postos de combustíveis e na construção civil.

— — —

Texto e Fotos – Keynes Breves / Semmas

Publicações relacionadas

Fornecedora da Seduc tem endereço em hotel

Redação

Keitton escolhe dia 11 para seu primeiro comício: “É hoje”

Redação

ESTUDANTES DA PB SÃO FINALISTAS EM CONCURSO COM APPS DE EDUCAÇÃO E FINANÇAS

Redação

Deixe um comentário