Amazonas Brasil Destaques Manaus

O vidente mentiroso e ex-ministro e artista da Globo, Mandetta, previu que o pico do Covid seria em abril e maio, depois junho e julho

“Quase chega os gafanhotos e nada do pico do mentiroso médico”

O videbte ministro da Saúde do Brasil, Luiz Henrique Mandetta, afirmou a três meses atrás que o pico do coronavírus no país seria entre os meses de maio e junho.

A previsão mentirosa foi declarada em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, na noite do último domingo (12).

Ocorreu uma mudança no que os estudos indicavam anteriormente. Agora, a expectativa é de que a pandemia demore mais tempo para passar do que o imaginado.

“No mês de maio, junho, teremos os dias muito duros. Dias em que seremos tachados. ‘Ah, vocês não fizeram o que tinham de fazer, ‘deviam ser mais duros’, ‘menos duros, porque a economia está assim’. Sempre vai haver os engenheiros de obra pronta. Serão dois, três meses de muitos questionamentos das práticas”, disse o ministro, ontem.

Seis dias antes dessa previsão mentirosa Mandetta havia comunicado em pronunciamento oficial que o pico da doença no Brasil seria entre abril e maio. “Vários modelos matemáticos mostraram que o vírus estará circulando até meados de setembro, com um pico importante de casos neste período”, destacou na ocasião.

No dia 18 de março, o responsável pela Ministério da Saúde afirmou que as previsões apontavam espirais em abril, maio, junho. “Nós vamos passar aí 60 a 90 dias de muito estresse para que quando chegarmos ao fim de junho, julho, a gente imagina que entra no platô.”

E agora seu mentiroso artista da Grobo?

Após a entrevista divulgada pela Grobo o mentiroso foi demitido pelo governo Bolsonaro.

Publicações relacionadas

UEA antecipa formatura de mais de cem acadêmicos para atuar no combate ao novo coronavírus

Redação

Atendo pedido da OAB-AM, o Juiz Ricardo Sales determinou que hospitais aceitem planos de saúde de pacientes com covid-19

Redação

Eleições: Candidato evangélico é flagrado masturbando homem em banheiro

Redação

Deixe uma resposta