Amazonas Destaques Manaus

O Pastor e quase santo evangélico Everaldo Pereira (PSC) é preso por corrupção

O pastor e quase santo evangélico Everaldo Pereira, presidente nacional do PSC, foi preso durante a operação Tris In Idem, na manhã desta sexta-feira. A ação faz parte de investigação de corrupção em contratos de saúde pública no Rio de Janeiro e culminou no afastamento do governador Wilson Witzel do cargo.

Além do pastor Everaldo, a Polícia Federal cumpre mandado de prisão contra o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Wilson Witzel, Lucas Tristão.

Publicações relacionadas

Bolsonaro destaca a interceptação de aviões com 1,1 tonelada de cocaína no MS

Redação

Suframa apoia a aprovação da Lei do Gás

Redação

Hospital de referência para Covid-19 é fechado no AM após queda no número de internações

Redação

Deixe uma resposta