Amazonas Destaques Manaus

“O Brasil pode virar Venezuela em 1,5 ano”, disse o ministro Paulo Guedes

O ministro da economia Paulo Guedes disse que para o Brasil virar uma Argentina bastam seis meses e para chegar a uma Venezuela apenas um ano e meio.

Depois confessou que exagerou um pouco, e que precisaria, na verdade, de uns três anos para virar Argentina e uns cinco ou seis anos para chegar à Venezuela.

Mas isso, claro, se o governo junto com o Congresso Nacional não seguir pelo lado das reformas e da responsabilidade fiscal.

A análise de Guedes foi feita no programa 112 do Primocast, que foi ao ar nesta terça-feira e está disponível nos tocadores de podcast e também no YouTube.

Em duas horas, o ministro explicou os pormenores da economia. Ele contou como chegou ao governo determinado a cortar, segurar, travar gastos e devido à pandemia acabou se tornando a pessoa que mais gastou em todos os tempos. “O destino me tornou a pessoa que gastou muito. Mas gastei de consciência tranquila porque era para saúde dos brasileiros”, disse ele.

Foram 800 bilhões de reais no ano passado, com transferência de renda para 64 milhões de brasileiros, segundo o ministro. Foram gastos com antecipação de pensões e benefícios, redução de tarifas de importação para 1.500 produtos relacionados ao combate da pandeima, encomendas a fabricantes de ventiladores pulmonares, empréstimos a pequenas empresas, bolsa família ampliado de 600 reais.

Publicações relacionadas

Arquidiocese de Manaus divulga programação online da Semana Santa

Redação

Prefeitura promove ações de combate à hanseníase no ‘Janeiro Roxo’

Redação

Amazonino anuncia novidades para as áreas de Cultura e Turismo, em Manaus

Redação