Amazonas Destaques Manaus

Número de novos casos da Covid-19 no Amazonas acende luz de atenção máxima

Wilson Lima conta a empresários sobre o dia mais dramático da sua vida ao tomar conhecimento que iria faltar oxigênio

Senador Omar Aziz alerta para a indústria de fake news

Rejeição a Bolsonaro ultrapassa 61% no Amazonas e assusta até aliados

Prefeito decreta ponto facultativo nesta quinta-feira em Manaus

Eduardo Braga aumenta conversas em busca de alianças para 2022

Águas de abril devem manter tendência de grande cheia e podem alcançar Centro de Manaus

Câmara aprova prazo maior para a entrega de declaração do Imposto de Renda

Cai parte do muro de contenção na orla de Parintins

O Amazonas registrou pelo segundo dia consecutivo mais de 1,3 mil novos casos de Covid-19. Foram 1.490 casos na terça-feira (30) e 1.313 ontem, dia em que foi anunciada mais flexibilização no funcionamento das atividades comerciais e a redução do tempo do toque de recolher que a partir de segunda-feira (5) será de meia noite às 6 da manhã. A taxa de ocupação dos leitos de UTI da rede pública está em 81%. Há ainda 878 internados com a Covid e 30 pessoas na fila de espera por um leito. De terça para quarta foram internadas 49 pessoas com a doença. Hoje, no Amazonas, o Risco de Transmissibilidade do coronavírus é de 0,92. Ou seja, a cada 100 infectados, o vírus pode ser transmitido para outras 92 pessoas.

Alerta para a terceira onda

São números que reforçam os alertas de uma provável terceira onda no Amazonas. O Exército, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) e pesquisadores avaliam que o risco da terceira onda é real.

O dia mais dramático de Wilson Lima

O governador Wilson Lima revelou aos empresários na reunião de ontem (31) que discutiu novas flexibilizações, que 13 de janeiro foi o dia mais dramático que já viveu. Às 10 da noite desse dia, ele foi informado da explosão do consumo de oxigênio que saiu de 45 mil metros cúbicos para 75 mil metros cúbicos em 24 horas. A empresa fornecedora não teria como atender essa demanda, o que levou dezenas de pessoas a morrerem por asfixia nos dias seguintes. A revelação foi feita para convencer os empresários que o Governo não poderia ceder a tudo num momento em que os números da pandemia ainda são elevados e que o Amazonas muito provavelmente terá uma terceira onda.

Indústria de fake news

O senador Omar Aziz (PSD) disse ao ÚNICO que a indústria de fake news está a pleno vapor. Ele mesmo foi vítima na quarta-feira (31) de uma notícia falsa em um site, onde aparecia numa foto ao lado do ex-presidente Lula, formalizando um possível apoio para 2022. “Estou em Manaus e nem sei onde está o Lula. Esta é uma fotografia antiga e este fato mostra a quantidade de mentiras plantadas que vamos enfrentar até as eleições”, disse.

Aliança em construção

As conversas do senador Eduardo Braga (MDB) com lideranças locais e nacionais do PT estão cada vez mais frequentes. O objetivo é construir uma aliança aqui no Amazonas visando 2022, quando Eduardo deve se candidatar ao Governo do Amazonas.

Rejeição de Bolsonaro assusta aliados

Aliados do presidente Jair Bolsonaro no Amazonas estão cada vez mais assustados com a rejeição crescente do presidente. Segundo pesquisa do Instituto PoderData realizada entre os dias 29 e 31 de março, o governo Bolsonaro é hoje rejeitado por um recorde de 59% dos eleitores. Na região Norte, a rejeição chega a 61% e hoje apenas 38% aprovam o Governo. Essa é a taxa mais alta registrada desde o início da pandemia. Os aliados têm esperança que com a volta do auxílio emergencial a partir deste mês, a aprovação do presidente volte a subir.

Feriado municipal em Manaus

A Prefeitura de Manaus decretou ponto facultativo nesta quinta-feira (1) e amanhã (2) é feriado nacional da Sexta-Feira Santa, o que significa quatro dias de “feriadão”. O Executivo vai atender população e servidores em esquema diferenciado: na ManausMed, consultas médicas ficaram para a próxima semana; limpeza pública folga na quinta, mas retorna na sexta-feira; os camelódromos abrem na quinta, mas fecham na sexta; o mercado Adolpho Lisboa e as feiras também fecham na sexta, mas funcionam das 7h às 17h e das 4h às 20h, respectivamente, nos outros dias. Na saúde, haverá plantões normais em unidades hospitalares e Samu e nas vacinações.

Zé Ricardo acelera em Brasília

O deputado federal Zé Ricardo (PT) está dando muito trabalho à Comissão de Integração Nacional, desenvolvimento regional e da Amazônia, da Câmara dos Deputados. Só nesta semana o “homi da kombi” apresentou três requerimentos pedindo audiências públicas para debater sobre a Amazônia. Uma sobre política indígena e as consequências da covid-19, a segunda sobre a privatização dos Correios e os serviços prestados na região e, ainda, a política de abastecimento de energia elétrica para a Amazônia já que a privatização do serviço pode ter efeitos graves para os moradores da região.

Abril, chuvas mil

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) informa que o excesso de chuva nos três primeiros meses de 2021 vai provocar uma inundação severa em Manaus. Existem 80% de chances de isso acontecer. A inundação severa acontece quando a cota da cheia alcança os 29 metros (a maior cheia já registrada em Manaus foi em 2012, quando a cota alcançou 29,97 metros). Ontem (31), a cota do rio Negro estava em 27,28. O CPRM vai emitir alertas de cheia no final de abril e de maio. Em alguns anos, a enchente atingiu boa parte do Centro de Manaus.

Muro de Parintins

Parte do muro de contenção que está em construção no município de Parintins, desde o ano passado, ruiu e arrastou uma parte da pista que passa na frente do tradicional ponto de encontro Comunas. A Prefeitura de Parintins ainda avalia com a empresa as causas do desmoronamento.

Posse no Tribunal Regional Eleioral

O desembargador Jorge Manoel Lopes Lins, presidente em exercício do TRE-AM, marcou para o dia 7 de abril a posse do novo integrante da corte, o desembargador Wellington Araújo. No dia 8, o colegiado se reúne novamente para escolher e dar posse ao novo presidente do Tribunal Eleitoral.

Mais prazo para o IR

A Câmara dos Deputados aprovou a prorrogação do prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda de 2021. O prazo atual é de 30 de abril, mas os deputados aprovaram que ele se estenda por mais três meses, 31 de julho. O projeto ainda vai ser analisado pelo Senado.

Prestação de contas

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) recebeu ontem (31) 122 prestações de contas de 176 órgãos e entidades que estavam devendo transparência. Apenas 54 deixaram de entregar. O prazo terminou na quarta-feira (31), à meia-noite. Quem não entregou, vai pagar multa.

Publicações relacionadas

Projeto especial vai antecipar vacinas para pessoas entre 18 e 49 anos

Redação

Fiocruz produzirá 6 milhões de vacinas semanais no Brasil

Redação

Uma empresa que lava roupa, faz jardinagem e exames superfaturados

Redação

Deixe uma resposta